Previous
Next

Especialista dá dicas para reduzir custos no processo de importação

Compartilhe este post

O mercado internacional segue em constante mudança, com as modificações de parâmetros econômicos mundiais, as importações e exportações que almejam sucesso necessitam de um gestor ou agente das ações comerciais atualizado e dinâmico. É importante analisar e validar as melhores opções de operações no mercado para evitar obstáculos ou prejuízos.

Na última atualização de dados do Icomex/FGV, o saldo positivo da balança comercial em maio foi de US$ 4,9 bilhões. O número representa uma redução de US$ 3,6 bilhões em relação ao mesmo mês em 2021. O fenômeno pode ser explicado pela queda de exportações para a China, principal parceira comercial do país.

A especialista em comércio exterior e diretora executiva da Accrom Consultoria em Logística Internacional, Cristiane Fais, explica que diante das atualizações, estar antenado as novas variações do mercado podem ser determinantes para a sua operação: “O mercado é volátil e está mudando, faça sempre o planejamento de todas as operações, análise o fluxo de informações, parceiros logísticos e mercadorias”, comenta a diretora.

Toda importação é negociada em moeda estrangeira, sendo dólar, euro, libra ou outra moeda conversível. Um detalhe muito importante na hora da negociação das despesas e do frete, é analisar a taxa de conversão dos valores em moedas estrangeiras para reais. Toda importação é negociada em moeda estrangeira, sendo dólar, euro, libra ou outra moeda conversível.

“O câmbio é o principal aliado para quem faz importação, é importante acompanhar as variações do mercado e escolher as melhores oportunidades, além de estar alinhado com as taxas de conversão, isso é essencial”, complementa Cristiane.

Custos de armazenagem

Os custos de armazenagem consistem na soma dos gastos necessários para manter o espaço físico onde as mercadorias estão armazenadas por determinado período. O espaço precisa estar devidamente preparado para que os produtos cheguem ao consumidor final corretamente. A ação demanda gastos e planejamento.

O custo de um produto é baseado em todos os gastos necessários com processos para que importação chegue até o cliente final. O custo de armazenagem de cargas é um fator importante no cálculo: “Para encontrar o melhor custo e benefício entre os serviços de armazenagem, é preciso conhecer tanto os custos fixos quanto as variáveis mais a fundo. Armazenagem na importação é importante e deve ser pensado desde o início para economizar”, explica a especialista.

Antecipe os problemas, planeje as operações

“É essencial pensar desde o início, surgiu a ideia, já coloca no papel, estuda e entenda todo o processo necessário. Isso serve tanto para quem vai começar agora no comércio exterior, quanto para os que já agem nas importações”, Cristiane Fais fala sobre o planejamento logístico e cita que ação age como direcionamento e como controle de previsão de gastos nas operações de importações.

A redução de custos para a importação não é uma tarefa fácil, mas há algumas ações que podem otimizar os recursos e reduzir os custos.

Confira outras notícias:

O conteúdo desta página é protegido por direitos autorais e o plágio é estritamente proibido.