Denúncias de surtos caem para menos da metade em junho comparadas a maio

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As denúncias de surtos recebidas e investigadas pela Vigilância Sanitária do Município diminuíram de 113 em maio para 51 em junho, informou a Diretoria de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde.

Os dados comparativos mostram também que as investigações de surto no setor público, em relação ao total, caíram de 14% em maio para 12% em junho e aumentaram no setor privado de 86% em maio para 88% em junho.

Outro dado: o intervalo de tempo entre a data de denúncia e a data de investigação dos surtos também diminuiu da média de 2,37 dias (maio) para 1,28 dia (junho). Junho também teve redução no número de surtos confirmados por investigação (29%) na relação com o mês anterior (31%).

A melhoria dos protocolos sanitários nas empresas, por meio do Curso de Brigadista, e a conscientização dos comerciantes, por meio de ação educativa nesse segmento, com foco nos planos de contingenciamento, estão entre os fatores para dados mais animadores em relação à pandemia da Covid na cidade.

A diretora de Vigilância em Saúde, Ana Maria de Oliveira Bernardes, faz um paralelo entre a queda da Taxa de Transmissão e as ações de contenção da pandemia em andamento na Saúde.

Segundo Ana, o Governo Municipal ampliou as horas de atendimento nas unidades de saúde e designou a Unidade Matricial Roberto Árabe Abdanur, no bairro Mercês, para o atendimento exclusivo de síndromes gripais. Temos também a testagem no C-Covid, além dos serviços particulares, controlados pela Secretaria de Saúde.

A Taxa de Transmissão é dinâmica também para a diminuição do número de casos. “A partir do momento que a gente trabalha com aumento de testagem no Município, observando melhor as síndromes gripais, vamos interrompendo a cadeia de transmissão com o isolamento dos casos positivos e contactantes. Isso é fundamental”, analisou a diretora.

Ana Maria considera também importante o fato de o Governo Municipal ter promovido a descentralização da oferta de vacinas para a população. Atualmente, além dos drives da ABCZ e Funel, oito unidades de saúde espalhadas pelo Município estão empenhadas na vacinação.

Confira outras notícias: