Como é feita a dedetização de percevejos?

Compartilhe este post

Os percevejos são pequenos, têm cerca de cinco milímetros de comprimento, mas se alimentam de sangue e podem causar sofrimento para os seres humanos, motivo pelo qual são considerados pragas urbanas. Assim como para as pessoas, animais domésticos, como cães e gatos, também podem sofrer por conta da infestação desses insetos.

Por maior que seja o cuidado, os percevejos podem entrar em uma residência por meio de roupas, móveis e outros itens que foram expostos a infestações. Eles também podem penetrar em casas e apartamentos ao se alojarem em mochilas, bolsas ou malas de quem viajou para áreas infestadas.

Além disso, alguns percevejos podem voar para dentro de casa ou se arrastar através de fendas e rachaduras nas paredes e no piso. E, uma vez dentro do imóvel, esses insetos vão procurar por lugares escuros, onde, à noite, poderão se alimentar do sangue das pessoas e dos pets, como colchões e estofados.

Dentre os chamados  “percevejos-de-cama”, o Cimex lectularius é uma das maiores “pragas incômodas” do mundo e a mais comum na cidade de São Paulo (SP), conforme a “Série Educativa da Fauna Sinantrópica” divulgada pela Prefeitura.

Apesar de não transmitir doenças infecciosas e de não ter uma picada dolorosa, o contato com um percevejo pode levar a um desconforto considerável, dependendo da sensibilidade de cada pessoa. Aliás, o informativo ressalta que não se deve coçar as picadas desses insetos, somente lavá-las com água e sabão. O órgão orienta que, caso a coceira venha a persistir ou levar a outros sintomas, é necessário procurar um médico.

Para muitos, a dedetização é considerada a principal alternativa para se livrar de pragas urbanas, como baratas e ratos, mas e quanto aos percevejos? Vinicius Finavaro, responsável pela Offpragas, empresa especializada em dedetização, conta que é comum que haja dúvidas sobre a dedetização dos insetos que sugam o sangue dos moradores e quais as especificidades que devem ser levadas em conta para tal propósito.

“Na dedetização de percevejos, é muito importante a escolha do inseticida correto. De preferência, devem ser utilizadas associações que contenham uma ação ‘juvenóide’ que não permitam que a praga se desenvolva na sua fase jovem e que tenham ação contras as fases adulta da praga também”, afirma.

Segundo Finavaro, outro detalhe importante é que o inseticida a ser utilizado para combater os percevejos deve possuir baixa irritabilidade, pois será aplicado em colchões. 

Ainda de acordo com o responsável pela Offpragas Dedetizadora, é necessário atenção, pois a dedetização de percevejos demanda ferramentas e substâncias específicas: “Além do inseticida, deve ser utilizado vapor quente em todo o ambiente. Em seguida, o ideal é fazer uma aspiração vigorosa para a remoção mecânica dos percevejos e de seus ovos, a fim de garantir uma eficiência muito maior no controle”, detalha.

Para mais informações, basta acessar: https://offpragasdedetizacao.com.br/dedetizacao-de-percevejo/

Confira outras notícias: