Criptografia está entre as 7 tendências de 2023

Compartilhe este post

Manter os dados seguros tem sido o grande desafio das empresas. Em 2022, diversas gangues de ransomware afetaram sites do governo e de grandes negócios comprometendo dados de usuários. Essa procura por soluções que ajudem na garantia dessa segurança tem sido frequente e, além da adaptação à Lei de Proteção de Dados – LGPD, acredita-se que a criptografia pode ser uma solução eficaz.

No Brasil, a Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD regula as atividades de tratamento de dados pessoais, mostrando o quanto essa segurança é séria e deve ser priorizada pelos líderes e gestores, e quem não se adequar à lei poderá ser multado e até ter suas atividades suspensas.

Dados do Boletim de Segurança da Kaspersky mostram que os números de ataques de ransomware subiram mais de 180% em 2022, chegando a 9,5 mil tentativas de ataques bloqueados diariamente por sistemas de detecção de ameaças.

A preocupação com a proteção de informações de pessoas e empresas é algo que deve ser feito com frequência já que os hackers estão sempre atentos às atualizações de segurança nas redes para encontrar brechas e armar seus ataques.

De acordo com a pesquisa Global Digital Trust Insights Survey, 8 a cada 10 empresas no Brasil afirmam que irão investir em segurança cibernética nos próximos meses. E com a popularização do termo, a criptografia dos dados tem se mostrado uma das grandes procuras em 2023.

A segurança da criptografia

A criptografia é a conversão de dados em um formato codificado, protegendo as informações de modo que apenas o emissor e o receptor consigam compreendê-la. Essa tecnologia pode ser usada para assinar documentos, com a certificação digital, enviar mensagens e realizar pagamentos online.

O certificado digital utiliza da tecnologia da criptografia, fornecendo uma camada extra de proteção às suas transações, tornando-se muito mais difícil de ocorrer qualquer tipo de violação ou fraude. Assim, é possível assinar documentos e contratos, transmitir dados e atender aos compromissos fiscais com o Governo, bem como ter acesso à sites como da Receita Federal do Brasil – RFB, eSocial e Conectividade Social, garantindo a integridade e segurança das informações

Diante da quantidade de dados presentes na internet, é essencial que as empresas se preparem para garantir a segurança das suas informações e de seus usuários, pois os hackers estão sempre vigilantes e prontos para atacar. Garantir que seus processos de segurança estejam sempre atualizados e de acordo com a lei, bem como se atentar às tendências ajuda na proteção dos dados e segurança nas empresas.

Confira outras notícias: