Previous
Next

Ferramentas e estratégias promovem análise de dados avançada

Compartilhe este post

O comércio eletrônico mundial deve crescer 55,3% nos próximos três anos, segundo uma estimativa do relatório Global Payments Report. De acordo com a projeção, divulgada em março pela Worldpay from FIS, as vendas do e-commerce no Brasil devem crescer 95% até 2025. 

Nesse panorama, 90% de todas as empresas do mundo investem em marketing digital, e a maior parte delas é brasileira, conforme dados da Pesquisa Marketing Visão 360º, realizada pelo Mundo do Marketing em parceria com a TNS Research International. Segundo o estudo, 54% dos negócios que entendem que o marketing digital é indispensável são de pequeno porte, com até 99 funcionários.

O levantamento também mostra que 54% dos empreendimentos que veem o marketing digital como um elemento indispensável são de pequeno porte, com até 99 colaboradores. Entre os negócios participantes, a maior parte informou que prefere terceirizar a atividade para especialistas e agências.

Filipe Lemos, COO da Peace Marketing – empresa que atua com SEO, marketing digital, Google ADS, Facebook e Instagram ADS e Gestão de Tráfego -, destaca que, mais do que acreditar no marketing digital, as empresas brasileiras devem se atentar para a importância do uso avançado de análise de dados e ferramentas de SEO (Search Engine Optimization, na sigla em inglês – Otimização para Mecanismos de Busca, em português).

“Já foi o tempo em que o marketing usava informações pouco detalhadas, como acontecia utilizando propagandas de TV ou rádio. Hoje, há inúmeras maneiras de coletar informações, projetar cenários, analisar possibilidades e outras ações que tornam seu negócio muito mais competitivo”, afirma.

Ferramentas e estratégias promovem análise de dados avançada

Na visão de Lemos, os softwares de coleta e análise de dados automatizam os processos e tornam tudo mais rápido e eficiente. 

“Há uma série de ferramentas e estratégias que podem ser utilizadas por empresas no que tange ao uso avançado de análise de dados”, diz ele citando Google Analytics 4, Google Search Console, Facebook Pixel e Gerenciador de Público do Google Ads, além das “cinquenta ferramentas disponíveis no Semrush”.

Ademais, “para atuar de forma assertiva, uma agência de marketing deve dominar: painel de ferramentas SEO, visão geral do domínio, Traffic Analytics, pesquisa orgânica, lacunas nas palavras-chave e lacunas nos backlinks”, descreve Lemos.

Os sócios da Peace Marketing também destacam a importância de dominar elementos, como: visão geral de palavras-chave, Keyword Magic Tool, Keyword Manager, monitoramento de posição e Organic Traffic Insights. “Também preste atenção a análises de backlinks, backlink audit, link building tool, análise em lote, auditoria do site, listing Management, SEO content template, on page SEO checker e log file analyzer”, complementa.

Na visão de Lemos e Baldassari, o domínio das ferramentas e estratégias citadas é essencial para atingir um nível competitivo interessante. “Além disso, é necessário prestar atenção às seguintes estratégias de SEO: estrutura Silo, Keyword clusters, Content Syndication, Linkagem interna, SEO técnico, Schema Json, Link building, Core Web Vitals e Google Knowledge Premium”, finaliza.

Para mais informações, basta acessar: https://peace.marketing/

Confira outras notícias: