Previous
Next

Histórias antes de dormir trazem benefícios para crianças

Compartilhe este post

As histórias antes de dormir têm um papel fundamental e trazem inúmeros benefícios para o desenvolvimento cognitivo das crianças. Um estudo realizado pela Universidade Federal do ABC em parceria com o Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino feito com crianças de 2 a 7 anos internadas em UTIs demonstrou que elas não só tiveram seu nível de dor e cortisol reduzidos, como também ganharam mais confiança e positividade diante do tratamento após passarem por sessões de contação de histórias durante o período de internação. 

Contudo, os benefícios da contação de histórias se estendem para todas e também ajudam no desenvolvimento cognitivo em crianças saudáveis. Um estudo conduzido pela Universidade de Barcelona  demonstrou que ao ouvir histórias contadas por adultos, os pequenos ampliam seu conhecimento da linguagem oral e escrita e se preparam melhor para a aprendizagem de leitura e escrita.

O contato inicial com as histórias através da leitura em voz alta feita por pais e cuidadores, ainda segundo o estudo, é um importante estímulo para a leitura autônoma durante e após a alfabetização. 

Uma pesquisa do Instituto Pró-Livro feita em 208 municípios brasileiros demonstrou que cerca de 14% dos leitores de livros de literatura no país tem entre 05 e 10 anos de idade e cerca de 48% deles têm no gosto pela leitura a maior motivação para a leitura. A pesquisa ainda demonstra que as pessoas que mais são capazes de estimular o gosto pela leitura são os professores (11%) e as mães ou responsáveis do sexo feminino (8%). 

Além de prepará-las para a leitura, as histórias para dormir também são um importante recurso para ensinar a lidar com os desafios do dia a dia. Através das narrativas contadas, as crianças têm acesso a um amplo repertório de palavras novas, acessam novas emoções e têm a sua criatividade e imaginação estimuladas. 

“As histórias para dormir fazem bem para a criança porque elas auxiliam no desenvolvimento dela, tanto o desenvolvimento emocional quanto o cognitivo. É uma forma de introduzir a criança ao mundo”, afirma o psicólogo Thiago Schaffer Carvalho. 

Ainda segundo o profissional, a identificação com personagens e a associação com objetos promovem a “percepção do mundo externo”, o que é importante para a introdução ao que seria uma nova realidade. 

A importância das histórias para dormir

Contar histórias para dormir tem papel importante para estimular a imaginação infantil, na criação de vocabulário, na relação de sentimentos e emoções e na aproximação com os pais, além de uma série de outros benefícios, como a redução do estresse, conforme aponta o estudo da UFABC.

Ao contar histórias para crianças, os pais propõem uma imersão à fantasia, pois elas se atentam aos detalhes e ainda trabalham a atenção plena, focando no momento presente. “Muitas vezes é um momento que os pais ou os responsáveis pela criança têm uma troca de afetividade e de carinho. Então, o principal benefício está na criação de um vínculo e no estreitamento desse laço”, afirma Schaffer Carvalho.

Quando começar a contar histórias?

De acordo com Carvalho, não existe uma idade para começar a contar histórias. Para ele, quanto mais cedo começar essa prática é melhor para o desenvolvimento infantil. Ou seja, histórias para bebês também são positivas nesse sentido, porque ao escutar as narrativas, as crianças trabalham alguns estímulos que, no futuro, serão importantes para a fácil aprendizagem de leitura e escrita

“O quanto antes melhor, principalmente na primeira infância, quando a criança ainda está aprendendo a falar e a se comunicar. O fato de ela escutar os pais ou os responsáveis falando com ela, lendo e ela vendo a movimentação da boca, ajuda muito a desenvolver essas capacidades o quanto antes”, disse o psicólogo. “Desde recém-nascido, a contação de histórias, a conversa e a estimulação com a criança é sempre muito importante pro seu desenvolvimento”, completou. 

Confira outras notícias: