Previous
Next
Previous
Next

Leis de Incentivo movimentam milhões em defesa de crianças e adolescentes

Compartilhe este post

Na comemoração do Dia das Crianças é difícil reconhecer que nem todas têm os cuidados necessários nesta fase da vida. Estima-se que em 2021, 70,4 milhões de pessoas entre zero e 19 anos de idade residiam no Brasil, segundo dados da Fundação Abrinq. Destes, no âmbito da educação, a pandemia provocou impactos significativos, como a redução das matrículas na educação infantil, com mais de 407 mil crianças, entre 0 e 3 anos, sem este atendimento, e abandono escolar nas séries iniciais chegando em 50%. Neste cenário, a Incentiv.me tem facilitado o acesso a recursos para projetos voltados a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

Através das leis de incentivo qualquer cidadão consegue contribuir com projetos e programas para este público. Em 2021, a Lei Federal de Incentivo à Cultura captou 331,51 milhões, e a Lei de Incentivo ao Esporte, o valor captado chegou a R$ 445,28 milhões. Também fazem parte das políticas de incentivo fiscal, que promovem inclusão social e cidadania, os projetos aprovados nos Fundo para Infância e Adolescência (FIA). “Os recursos são usados para programas de atendimento ou para vítimas de violência; no incentivo à guarda e à adoção; estudos e diagnósticos, programas e ações que visam a erradicação do trabalho infantil; profissionalização dos adolescentes e divulgação dos direitos”, explica a coordenadora de Sucesso do Cliente da Incentiv.me, Larissa Gaspar.

Segundo Lais Lucena, presidente da Associação Argos, uma das organizações parceiras da Incentiv.me, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte foi possível beneficiar mais de 19 mil crianças e jovens com a oferta de práticas esportivas e atividades socioeducativas: “Com essa lei as empresas conseguem contribuir para a execução dos projetos, uma vez que não há custo, e quando o recurso é destinado, a verba é alocada e gerida com transparência e excelência, podendo beneficiar a quem realmente precisa: o público vulnerável. Para Lais, esta gestão em conjunto, compartilhada com as empresas, somada a dedicação e trabalho profissional de ambas as partes possibilita transformar realidades e talvez as perspectivas de toda uma geração.

Hoje, a Incentiv.me possui mais de 400 parceiros que atuam lado a lado das organizações na garantia e na defesa de direitos e são uma poderosa ferramenta de transformação social. Somente em 2022, a Incentiv.me ajudou a destinar R$ 4,2 milhões para cerca de 150 projetos aprovados e possui 780 projetos aptos para captação de recursos. “São projetos incríveis, que apoiam crianças em vulnerabilidade, fortalecem a educação, promovem a inclusão no esporte, na cultura e ampliam as oportunidades, criando um futuro melhor para elas e para nosso país”, salienta o CEO da empresa, Douglas Lopes Nicolau.

Apoio a Projetos – Através de uma plataforma Marketplace, a Conecta, a empresa automatiza parte do match entre as companhias e as iniciativas mais relevantes para suas estratégias de responsabilidade social. Com isso, organizações como a Agência Nacional em Mobilidade – Anamob, conseguem oferecer atividades de mobilidade inteligente, energias renováveis, robótica, consumo consciente e reciclagem, para três mil alunos de 6 a 10 anos, de escolas públicas de Curitiba.

Segundo Erica Nickel, gestora de projetos, as leis de incentivo têm viabilizado a execução dos projetos da Anamob: “Com certeza sem a expertise das empresas captadoras e o apoio das empresas parceiras nossos projetos não alcançariam tantas crianças e tantos idosos, a grande maioria em vulnerabilidade e risco social.”

Incentiv.me – A Incentiv.me foi criada para que pessoas e empresas multipliquem o impacto social, contribuindo juntas para um mundo melhor. Mais informações: www.incentiv.me

Confira outras notícias: