Na contramão da estagnação, empresas contratam funcionários

Compartilhe este post

Dados do Índice Omie de Desempenho Econômico das Pequenas e Médias Empresas demonstram que a movimentação das empresas em fevereiro de 2023 se manteve no mesmo patamar do ano passado. Os números que mapeiam o crescimento ficaram em 0%, reforçando o momento de estagnação da categoria. Em contrapartida, as contratações de funcionários aumentaram para o setor de serviços, que cresceu cerca de 8% em 2022.

Além disso, segundo dados do Caged, cadastro que mapeia o fluxo de admissões e demissões nas empresas, foram criados mais de 240 mil postos de trabalho em fevereiro deste ano, representando um aumento de contratações nos setores de serviços e construção. Somente em serviços, foram criados mais de 164 mil empregos.

De acordo com Gleidson Soares, diretor geral da Bem Protege, empresa de produtos relacionados a seguros, o crescimento do setor nos últimos anos indica uma retomada da categoria após a pandemia. “O mercado e oferta de serviços têm crescido nos últimos meses, o que contribuiu para que o ano passado houvesse uma guinada de quase 10%”.

Ainda de acordo com Gleidson Soares, a expansão desse tipo de negócio deve continuar durante todo o ano de 2023: “As pesquisas divulgadas refletem o bom momento da economia e as contratações acusam essa expansão. Este mês, mais de mil pessoas em regime CLT foram contratadas para trabalhar tanto presencialmente, quanto em home office, o que representa um crescimento não só do mercado, mas da geração de emprego no setor”, completa.

Bem Protege

A Bem Protege é uma empresa de produtos de seguro que atua no mercado nacional há mais de 5 anos. Na carteira de produtos estão os serviços de saúde e telemedicina, além de proteção residencial e de vida. A empresa conta com mais de 100 mil clientes espalhados em todos os estados do Brasil, além do Distrito Federal. Com sede em Belo Horizonte (MG), a empresa tem como garoto propaganda e sócio o cantor Gusttavo Lima e conta com 7 mil colaboradores.

Confira outras notícias: