Aluna do curso de odontologia diz ter sido humilhada por colegas

Uma estudante do curso de odontologia de 20 anos, de uma universidade de Uberaba, procurou a Base de Segurança Comunitária da avenida Nenê Sabino e relatou que, vem sofrendo ataques de bullying por parte de colegas do curso.
Segundo as informações repassadas à Folha Uberaba, a solicitante declarou que, os colegas de turma constantemente a agridem dizendo que: ” tem nojo de pobre, ranço e que pobre não pode cursar odontologia.”
Segundo ela, no último dia 6, ao informar no grupo de WhatsApp da turma que seu teste para Covid-19 tinha resultado negativo, foi novamente criticada e chamada de sem noção, segundo ela, os colegas disseram que se ela retornasse, eles e os professores sairiam da sala.
Ela disse que encaminhou a mensagem ao diretor do curso pedindo ajuda e que, ele disse que só poderia resolver assunto que ocorre em sala de aula, por isso resolveu fazer o registro da ocorrência.

A Folha Uberaba entrou em contato com a universidade que até o momento não retornou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *