Aluno suspeito de ameaçar universitárias com faca é preso

Compartilhe este post

Foto: Divulgação
Facas foram apreendidas na casa do suspeito

Um homem de 41 anos aluno do curso de enfermagem em uma universidade em Uberaba foi preso pela Polícia Militar após ameaçar estudantes universitários dentro de uma instituição de ensino. Um canivete utilizado na ação e outras armas brancas foram apreendidas com suspeito. Segundo informações apuradas pela Folha Uberaba ameaça aconteceu ontem à noite em uma universidade na avenida Nenê Sabino, onde policiais militares do Tático Móvel e equipes da Polícia Civil compareceram após denúncias e várias divulgações que alunas estavam sendo ameaçadas por outro estudante. No local os policiais conversaram com as vítimas e elas confirmaram ameaça relatando que o suspeito tinha saído da sala de aula momentos antes das viaturas chegarem no local e depois retornou. O homem foi abordado durante buscas pessoais e na mochila nada de ilícito foi encontrado. Ao ser questionado o suspeito negou envolvimento com as ameaças. Os policiais fizeram varreduras e encontraram canivete escondido atrás do vaso sanitário no banheiro no bloco Z. Ao ser questionado sobre o endereço o suspeito diz que morava na Rua Francisco Buzzolo no Bairro Olinda. As equipes policiais foram ao local e constataram que ele estava mentindo e não residia no imóvel. Após levantamentos os policiais descobriram o endereço do homem do bairro Tutunas, foram até a residência e durante buscas encontraram mais três armas brancas. O universitário alegou que estava sofrendo bullying e já tinha passado as informações para a coordenação do curso. Ele foi preso em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma branca e ameaça, levado até a delegacia e apresentada autoridade de Polícia Judiciária para esclarecimentos.

NOTA DA UNIUBE:

A Uniube lamenta informar que, na noite desta quarta-feira, um aluno foi detido ao portar um canivete nas dependências da Instituição e ameaçar estudantes.
Felizmente, a ação para deter o aluno foi rápida e, ao contrário dos comentários que circulam nas redes sociais, NÃO HOUVE FERIDOS. A PM foi acionada e o aluno foi detido. Esse caso isolado não possui relação com as ameaças que também circulam em redes sociais.
Mais uma vez, a Uniube lamenta o ocorrido e ressalta que está atenta a comportamentos inadequados e agressivos dentro do campus. Nossa equipe de segurança está redobrando os cuidados. O aluno em questão será suspenso para apuração dos fatos e sujeito ao rito disciplinar.
A Universidade é parceira da Polícia Militar por meio do projeto Universitários Protegidos e enfatiza: caso identifiquem algum comportamento suspeito ou ameaça, denunciem.

Confira outras notícias: