Previous
Next

Assessor de vereador é acusado de desacato contra assistente social da prefeitura

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Servidora municipal procurou a policia no sábado, 30, para registrar ocorrência de desacato por parte de assessor de vereador de Uberaba/MG.

Segundo a denunciante, ela estava trabalhando no Centro de referência em assistência social, Polo 1 na sexta-feira, quando chegou ao local uma senhora para realizar cadastro emergencial de cesta básica, o autor entrou junto com essa senhora e os funcionários acreditaram ser parente dela.

Porém, após alguns minutos, o autor se dirigiu a sala da assistente social, que estava atendendo outra pessoa, e conforme as normas de prevenção da pandemia e também para preservar o sigilo em relação à cidadã que era atendida, ela pediu que ele se afastasse.

Nesse momento, conforme repassado à Folha Uberaba, o autor se exaltou e perguntou se ela sabia com quem estava falando, ele disse que não estava atrapalhando, e que ela estava assessorando a senhora que foi fazer o cadastro.

Ao ser indagado sobre o porquê de estar gritando, o autor mandou que ela perguntasse ao vereador pastor Eloisio e disse que ela iria se arrepender de “mexer com ele”.

Em seguida o autor passou a falar com alguém ao celular e a se referir às funcionárias com termos pejorativos e em seguida saiu do local indo em direção à igreja do vereador.

Confira outras notícias: