Previous
Next
Previous
Next

Capacitar e reter talentos gera benefícios para a empresa, colaboradores e clientes

Compartilhe este post

Estratégia é um dos diferenciais do Sabin, que possui programas de qualificação e desenvolvimento profissional dos seus colaboradores

 Estimular o crescimento profissional, ou seja, abrir oportunidades de ascensão na carreira ao público interno, de modo a reter esses talentos, é sinônimo de rapidez e eficiência na gestão de pessoas e, também, de oportunidades para se obter, concretamente, melhores resultados nos negócios. Os benefícios da gestão de pessoas focada no desenvolvimento profissional dos colaboradores estão comprovados pela pesquisa “O Real Impacto do Talento”, feita pelo Sebrae e pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH). O estudo mostra que a prática é viável para qualquer empresa, independentemente do porte ou da região de atuação no país.

O Grupo Sabin, um dos maiores players do setor de saúde no Brasil, tem na atração, desenvolvimento, promoção e retenção de talentos uma parte significativa de sua evolução nos últimos 38 anos. Para a diretora Administrativa e de Pessoas do Grupo Sabin, Marly Vidal, “a política de ascensão nas carreiras é um ponto forte na nossa cultura , a seleção envolvendo colaboradores internos mantém o engajamento além de estimular o autodesenvolvimento. Assim, os processos se tornam bastante assertivos, principalmente porque já sabemos que os colaboradores possuem valores alinhados aos nossos, como agem e pensam no dia a dia e se comportam diante dos desafios da organização”.

“Nosso propósito é inspirar pessoas a cuidar de pessoas. Portanto, cumpri-lo demanda profissionais qualificados, éticos e inovadores. Reter os talentos que temos na empresa proporciona resultados muito positivos. O desenvolvimento e o desafio trazem benefícios para a empresa, colaboradores e clientes”, explica Marly. 

Este é o caso de Carlos Eduardo Reis, que segue carreira há 18 anos no Sabin Medicina Diagnóstica, em Uberaba (MG). Em 2004, quando cursava o último ano da faculdade de Biomedicina, Carlos ingressou como estagiário na empresa. Após seis meses, foi contratado como auxiliar de laboratório. Já formado, foi efetivado como biomédico no ano seguinte. Em 2012, assumiu a coordenação técnica, função que exerceu até 2016, quando passou assumiu o cargo de gestor regional da empresa na cidade.

A trajetória de sucesso do biomédico no Sabin é resultado da sinergia entre a determinação pessoal de Carlos pelo seu crescimento profissional e a gestão de pessoas voltada à valorização e estímulo ao desenvolvimento e ascensão dos colaboradores. “O Sabin é uma empresa que aposta, valoriza e investe nas pessoas. Desafia, desenvolve e comemora todos os resultados. Essa valorização gera satisfação com o trabalho, engajamento do colaborador, e aumento da produtividade”, explica o gestor.

Para aprimorar e desenvolver competências técnicas e comportamentais dos colaboradores, o Sabin fundou, em 2009, a própria universidade corporativa. “Aliada ao mapeamento de potenciais sucessores de nossas lideranças, a Unisabin integra a estratégia de fortalecer as competências profissionais e garantir a excelência técnica de nossas equipes”, diz a Marly Vidal. No portal de educação à distância do Grupo existem 16 trilhas de desenvolvimento para capacitar líderes e colaboradores.

Atualmente, o Sabin conta com sete unidades de atendimento em Uberaba, onde atuam 325 colaboradores. Com investimentos contínuos na modernização do seu parque tecnológico, o Sabin Medicina Diagnóstica em Uberaba conta com tecnologia de ponta e possui diversas certificações de qualidade, como a ISO 9001, ISO 14001, PALC e PADI. Presente em 12 Estados e no Distrito Federal, o Grupo Sabin possui um total de 323 unidades de atendimento, onde trabalham mais de 6.500 colaboradores.

Confira outras notícias: