Previous
Next
Previous
Next

Ceasa abre semana com estabilidade nos preços dos hortifrutigranjeiros

Compartilhe este post

A “pedra” do produtor na unidade da Ceasa abriu a semana (20) com os preços da maioria dos hortifrutigranjeiros estáveis e algumas pequenas quedas.

De acordo com o chefe da Seção Ceasa, ligada à Secretaria do Agronegócio, Carlos Henrique Geraldo, 25 horticultores participaram das comercializações nesta segunda-feira, com ocupação de 36 espaços na “pedra”.

O responsável pela Ceasa ressaltou que na cotação geral houve predominância de preços estáveis. Pelo menos 11 produtos, dos mais procurados pelos atacadistas, mantiveram os valores da última semana. Nesta lista estão a batata lisa vendida a R$156,00 a saca com 50 quilos, cenoura – R$60,00 a caixa com 22 quilos, cebola – R$60,00 o saco com 20 quilos, tomate – R$50,00 a caixa com 22 quilos e o quiabo – R$150,00 caixa com 14 quilos. Mercado estável também para o jiló, a mandioca e o repolho. Todos cotados a R$50,00, mesmo valor da última semana.

Além disto, várias frutas, como abacate, laranja e mamão formosa mantiveram seus preços neste começo de semana. O abacate e o mamão foram vendidos, cada, a R$60,00 a caixa, enquanto que a laranja pera rio saiu por R$35,00. Estabilidade também para a couve – R$20,00 a dúzia.

De acordo com Carlos, entre os produtos que sofreram quedas estão a beterraba, banana prata e a alface. A beterraba caiu de R$60,00 para R$50,00 a caixa com 22 quilos e a banana prata baixou de R$59,00 para R$47,00 a caixa com 20 quilos. Já a alface, mesmo com friozinho, teve o preço reduzido de R$25,00 para R$20,00 a dúzia.

Em alta, que mereça destaque, apenas dois produtos: a vagem e a banana nanica. A vagem pulou de R$80,00 para R$100,00 a caixa com 13 quilos e já a banana nanica foi de R$34,00 para R$45,00 a caixa com 18 quilos.

As comercializações na “pedra” do produtor serão retomadas na quinta, dia 23.

Confira outras notícias:

Geral

GoCoffee inaugura no Shopping Uberaba

Foto Divulgação: Daniel Augusto de Melo recebe as boas-vindas do superintendente do Shopping Uberaba, Fabiano Guerra A bebida vem do