Previous
Next

Codau desmonta sistema de transposição do rio Claro

Compartilhe este post

A Companhia Operacional de Desenvolvimento, Saneamento e Ações Urbanas (Codau) finaliza a retirada completa do sistema de transposição do rio Claro, que auxilia no abastecimento da cidade durante o período seco. O procedimento de desmontagem foi iniciado na última semana, com os três conjuntos de moto-bomba movidos a diesel. E, neste começo de semana, continua com a remoção dos dois motores elétricos. Desta forma, todos os equipamentos serão retirados até esta terça-feira (27) das margens do rio.

“A estabilidade do período chuvoso deu a segurança necessária para que a nossa equipe técnica definisse pela desmontagem. Com as chuvas, o rio Uberaba permanece com uma vazão suficiente para garantir o abastecimento da cidade. Em 2022, ficamos 135 dias com o sistema de transposição do rio Claro ligado, em três etapas distintas entre os meses de julho até dezembro. Foi outro recorde, mais do que em 2021 quando os conjuntos de moto-bombas funcionaram por 124 dias”, relatou o presidente da Codau, José Waldir de Sousa Filho.

Até esta segunda-feira (26), o município conta com 237,60mm de chuva no mês de dezembro, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia. No ano passado, foi registrado índice de 167,80mm em dezembro. A vazão do rio Uberaba nesta segunda-feira estava em 3.000 l/s

Confira outras notícias: