Coluna Túlio Reis

Compartilhe este post

Marco Túlio Oliveira Reis

[email protected]

Jornalista MTE/MG n.º 16.609

Guerra

A elite russa conheceu de perto, nesta terça feira o pavor que a guerra provoca. Pela primeira vez desde o início do conflito Rússia x Ucrânia, a batalha desloca-se para áreas civis do território russo. Ataques de drones atingiram setor privilegiado de Moscou. A guerra nada mais é que a colheita da podridão semeada pelos covardes. Por uma cultura de Paz!

Prerrogativa

14.ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil se mobiliza em defesa de advogado ameaçado de morte. Em regular exercício profissional, o advogado está sendo perseguido e ameaçado por familiares da parte contrária de seu cliente. O presidente da Ordem dos Advogado, Eduardo Augusto Jardim afirma ser “inadmissível esta ameaça e tentativa de constrangimento” e posiciona-se intransigentemente a favor da liberdade do exercício profissional. “A OAB acompanhará todas as fases do caso” concluiu.

CONUNE

De 12 a 16 de Julho, em Brasília será realizado o 59º Congresso da UNE – União Nacional do Estudantes. A expectativa é que milhares de estudantes do país inteiro compareçam. Nesta terça-feira os acadêmicos da UFTM realizaram eleições para a escolha de delegados. As três chapas concorrentes receberam a seguinte votação: Chapa 1 – 257 votos; Chapa 2 – 35 votos e chapa 3 – 288 votos.  

Genocídio

A Guerra pela Colonização do Brasil não terminou. O massacre das várias etnias do povo originário se arrasta desde a invasão, pelos portugueses, das terras de Pindorama. Muito discurso e pouca ação – a vocação espoliadora da elite econômica brasileira não tem limite. Na última quarta-feira (24/05), uma comissão mista do Congresso aprovou um relatório do deputado Isnaldo Bulhões (MDB-AL) que esvazia as prerrogativas do Ministério dos Povos Indígenas.

Reação

A deputada federal Célia Xakriabá (PSOL-MG) acusou o governo de Lula de “falta de empenho” para evitar este esvaziamento de prerrogativas. No relatório aprovado o poder para demarcação das terras indígenas é devolvido para o Ministério da Justiça, afastando o protagonismo (inédito) do Ministério dos Povos Indígenas previsto originariamente.

Marco Temporal

Por incapacidade de articulação ou má vontade do governo federal, projeto sobre o marco temporal de demarcações de terras indígenas registra mais uma derrota de Lula. Por 283 votos favoráveis, 155 contra e uma abstenção a Câmara dos deputados decide que somente poderão ser demarcadas as terras ocupadas por povos indígenas em 5 de outubro de 1988, data da promulgação da Constituição. Matéria será submetida ao Senado Federal, “correndo por fora” STF julgará o tema em 7 de junho.

Terraplanismo

Em discurso de formatura do Curso de História da UFTM, orador faz citações ao pseudointelectual Olavo de Carvalho. Bastou! O Centro Acadêmico Orlando Ferreira – CADOCA, do curso de História, prontamente manifestou-se contrário à desastrosa citação.  “Nós enquanto representação dos estudantes do Curso de História da UFTM não aprovamos a homenagem a figuras históricas reacionárias e que possuem ojeriza as universidades federais. Nosso compromisso é com a democracia e a ciência!”. Movimento Estudantil vivo e atuante!

Truculência

Relembrando os idos tempos, ainda que de recente lembrança, do governo Bolsonaro, onde a imprensa era tratada com desrespeito e violência, lamentável ocorrência no dia de hoje. Trogloditas que faziam a segurança do ditador venezuelano Nicolas Maduro, em visita ao Brasil, partiram pra cima de repórteres, chegando a socar a jornalista da Rede Globo Délis Ortiz. A sociedade espera uma resposta rápida do governo Lula e que os responsáveis sejam identificados, julgados e punidos na forma da lei.

USC

A diretoria do Uberaba Sport Club anunciou que o equipe não vai disputar o campeonato profissional em 2023 e que a principal causa é a falta de recursos e excesso de dívidas. Claro que a torcida alvirrubra não gostou, jornalistas esportivos externaram suas indignações e só! Infelizmente, os mais de 100 deste time pouco representam para sensibilizar empresários e patrocinadores. Definitivamente, futebol profissional no interior, com uma federação comprometida apenas com times da capital é sinônimo de fracasso. Minhas condolências ao time vermelho e branco!

Tudo é Jazz

Aguardada com ansiedade a programação do Tudo é Jazz 2023. O Festival Internacional de Jazz de Ouro Preto – Tudo é Jazz completou 20 anos em 2022, sendo o festival de Jazz mais antigo de Minas Gerais e um dos maiores do gênero no país. Muitas novidades estão previstas para a versão deste ano.

Confira outras notícias: