Previous
Next
Previous
Next

Confira os preços Ceasa deste 2 de maio

Compartilhe este post

A “Pedra do Produtor”, na Ceasa de Uberaba, abriu esta primeira semana de maio com alta no preço da cebola e queda do jiló.

De acordo com o diretor de Abastecimento da Secretaria do Agronegócio, Mauro Genésio, 27 horticultores participaram das comercializações nesta segunda (2). Eles ocuparam 38 espaços na “pedra”.
Mauro, que também é operador de mercado, ressaltou que boa parte dos hortifrutigranjeiros segue com os preços aquecidos. São os casos do tomate e da cenoura. Nesta segunda, os dois produtos mantiveram os preços da última semana, porém, lá em cima. O tomate foi vendido a R$120,00 e a cenoura – R$100,00, ambos caixas com 22 quilos.

Preços estáveis também, nesta cotação de 2 de maio, para a mandioca – R$70,00 a caixa com 25 quilos, laranja – R$40,00 caixa com 22 quilos e banana nanica – R$30,00 a caixa com 18 quilos.

Quatro produtos, bastante procurados pelo consumidor, registraram baixa em seus preços neste comecinho de maio. São os casos da batata lisa que caiu de R$260,00 para R$240,00 a saca com 50 quilos, o jiló que baixou de R$70,00 para R$60,00 a caixa com 14 quilos, beterraba de R$70,00 para R$60,00 a caixa com 22 quilos e o mamão formosa vendido a R$65,00 a caixa. Antes, estava a R$70,00.

Entre os produtos que registraram elevação de preços, destaque para cebola, quiabo e algumas folhosas. A cebola subiu quase 30%, pulando de R$70,00 para R$90,00 o saco com 20 quilos. Já o quiabo passou de R$70,00 para R$80,00, enquanto que a alface e a couve foram majoradas entre 15 e 20%. A alface, na comercialização desta segunda, saiu por R$40,00 a dúzia (antes R$35,00) e a couve foi vendida a R$36,00 a dúzia (antes R$30,00).

A próxima comercialização na “Pedra do Produtor” na unidade da Ceasa, acontece na quinta-feira, dia 5. As vendas vão das 5h30 até por volta das 10h.

Confira outras notícias: