Previous
Next

Desenvolvimento Econômico conhece plano de expansão da Avant Agroquímica

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação, Rui Ramos, representando o Governo Municipal, conheceu nesta quarta-feira (22) as instalações e o plano de expansão da empresa Avant Agroquímica. Foi recepcionado pelo presidente Luiz Fernando Martins, pelo engenheiro agrônomo Luiz Alberto Martins e pela química industrial Ana Carolina Martins.

Acompanhando o secretário municipal, o gerente do Parque Tecnológico de Uberaba, Paulo Fernando Rocha Ventura, e o assessor de Gabinete Ricardo Alexandre Pereira Guissone.

De acordo com Ramos, a Avant é uma empresa uberabense, familiar, que tem 20 anos de existência. Ela atua na alta tecnologia para o agronegócio das mais diversas culturas, seja na parte de adubação e micronutrientes. “Uma empresa espetacular. De fato, a demanda deles é grande, pois precisam ampliar sua estrutura e estamos iniciando o entendimento, visto que possuem na empresa área de pesquisa, de desenvolvimento, e vamos levá-los para o Parque Tecnológico. Também vamos incentivar uma área, em algum dos Distritos Industriais ou na ZPE, já que precisam fazer uma expansão urgente. É mais uma vitória, uma mostra do que Uberaba vai ter de desenvolvimento nos próximos anos”, ressaltou o secretário municipal.

O planejamento de expansão da Avant Agroquímica está voltado ao desenvolvimento na linha de produtos biológicos para agricultura, focado também em micronutrientes complexados que vão tornar o produto mais sustentável, eficiente, com menos interferência química nas lavouras, buscando sempre o aumento de produtividade e uma redução de custos.

O engenheiro agrônomo Luiz Alberto Martins explicou que a meta é criar uma nova unidade de negócios que possa desenvolver tecnologia e tornar essa realidade viável para a agricultura. “Buscamos crescimento da empresa para que possamos agregar valor à nossa equipe que desenvolve esse trabalho, que fomenta isso no campo, levando a nossa tecnologia que é desenvolvida para o produtor/agricultor, sempre visando a redução de custo e aumento de produtividade”, frisou.

Ainda de acordo com Martins, a área no Parque Tecnológico de Uberaba é para trazer as unidades de desenvolvimento que hoje se localizam em Campinas-SP, a fim de desenvolver produtos biológicos, fertilizantes e análise laboratorial, gerando em torno de 120 empregos diretos. Na área da ZPE, por exemplo, o objetivo é o crescimento e a expansão do parque industrial fabril aumentando a capacidade e custo de produção para atuar em níveis nacional e internacional de forma eficiente.

A Avant, nos últimos anos, vem expandindo suas áreas de exportação, com faturamento em torno de 10 milhões de reais. Em 2021, a empresa iniciou a exportação para a África, que foi a porta de entrada para o mercado externo, ávido por consumir a gama de produtos da empresa.

Confira outras notícias: