Previous
Next

Feti bate a marca de 500 aprendizes contratados em 2021

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Foto: O aprendiz Pedro Augusto Dias assinou seu primeiro contrato de trabalho aos 17 anos e se ,diz muito satisfeito com o que vem realizando no seu dia a dia

A Fundação de Ensino Técnico Intensivo “Dr. Renê Barsam” (Feti) alcançou, nesta sexta-feira (10), a marca de 504 aprendizes, com idade entre 14 e 24 anos, contratados pela Lei de Aprendizagem (10.097/2000), em 2021, pelas empresas parceiras da fundação. A informação foi divulgada pelo departamento de Gestão de Pessoal da Feti, responsável pelo sistema de contratação dos aprendizes.

A fundação atua nas áreas administrativas das empresas e os jovens têm se tornado peças essenciais na rotina diária de cada uma delas. Um exemplo é o aprendiz Pedro Augusto Dias que, aos 17 anos, está atuando no departamento de Comunicação e Marketing de uma instituição pública e se diz muito satisfeito com o que vem realizando no seu dia a dia. “Tudo o que estou fazendo na instituição vou levar para o resto da minha vida. Uma oportunidade única de não abrir mão dos meus sonhos. Sei que aqui vou crescer muito!”, ressaltou o aprendiz.
Outro número em destaque foi o de efetivações de aprendizes como funcionários das empresas. Cerca de 1/3 dos jovens contratados dentro do Programa de Aprendizagem se tornam funcionários, ou seja, dentre os 500 jovens, aproximadamente 160 egressos passam a integrar o corpo de colaboradores das empresas parceiras da Feti.

De acordo com o presidente da Feti, Watson Azevedo, a contratação desses jovens é uma conquista que marca a retomada da economia. “Mostra o posicionamento que os jovens estão tendo junto ao mercado de trabalho, como mão de obra flexível, moldável de acordo com a visão, missão e valores de cada empresa que o contratada sem contar que é uma mão de obra inovadora e empreendedora. Tudo o que o mercado precisa nos dias de hoje”, declarou.

Ainda segundo o titular da Feti, os aprendizes são monitorados pela equipe capacitada que atende, diretamente, ao Programa dentro das empresas. Os jovens têm a oportunidade de ser avaliados em tempo hábil para evolução profissional possibilitando a futura contratação. “Nossos jovens são preparados de acordo com as exigências do mercado de trabalho competitivo e esse número comprova crescimento expressivo”, comemorou o presidente.

Confira outras notícias: