Previous
Next
Previous
Next

GAECO Regional de Uberaba investiga organização criminosa especializada em tráfico de drogas no município de Prata MG

Compartilhe este post

O Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado – GAECO Regional de Uberaba/MG, deflagrou, na manhã desta quinta-feira (09/06/2022), a Operação “LA PLATA” contra supostos integrantes de organização criminosa especializada em intenso TRÁFICO DE DROGAS no município de Prata/MG.

A deflagração da Operação “LA PLATA” resulta dos esforços conjuntos de Promotores de Justiça e servidores do Ministério Público de Minas Gerais; Polícia Militar de Minas Gerais, por intermédio da 5ª e 9ª Região da Polícia Militar, 32º Batalhão de Polícia Militar, 17º Batalhão de Polícia Militar, 54º Batalhão de Polícia Militar e 9ª Cia Ind PE; Departamento Penitenciário de Minas Gerais – DEPEN-MG, através da Polícia Penal de Minas Gerais; além do apoio do Gaeco de Patos de Minas/MG.

No curso da investigação, que perdurou por mais de um ano e meio, descortinou-se que o grupo criminoso atuava fortemente no tráfico de drogas e conforme repassado à Folha Uberaba, utilizando-se de menores de idade para a realização das vendas de entorpecentes no varejo, na conhecida função de “aviões”. Além da atuação no tráfico de drogas, constatou-se ainda que os cabeças da organização, um deles funcionário público municipal, atuavam como agiotas na região de Prata – MG, lavando com essa atividade parte do dinheiro oriundo da traficância, sendo apurado patrimônio incompatível com suas rendas.

O nome da operação – “La Plata” – faz referência ao Rio da Prata, ou Río de La Plata, localizado na Argentina, onde expedicionários encontraram índios nativos da região carregando prata e, a partir de então, organizaram-se várias expedições na região para busca e exploração do minério, tirando dos nativos a liberdade que tinham.

Da mesma forma, o nome da operação faz referência à cidade onde a organização criminosa atua, Prata – MG, fazendo do tráfico de drogas sua expedição e fonte de renda e tirando dos moradores locais a sua segurança. Ainda, a palavra espanhola plata é gíria para dinheiro, única coisa verdadeiramente visada pelos traficantes às custas da saúde dos viciados, da paz das famílias arruinadas pelo tráfico e de toda a violência e desordem social implantadas por essa modalidade criminosa.

Foram cumpridos 11 (onze) Mandados de Busca e Apreensão, dos quais: 10 em Prata/MG e 01 em Patos de Minas/MG e 03 (três) Mandados de Prisão Preventiva, dois efetivados em Patos de Minas/MG, sendo que 01 indivíduo, alvo do terceiro mandado, permanece foragido.

Até o momento – estando ainda em curso as buscas – foram apreendidas drogas (buchas de maconha), armas de pressão, dinheiro, cheques, animais silvestres em poder de investigado e materiais probatórios, sendo um alvo – irmão de um dos presos e também suspeito de encabeçar a organização – preso em flagrante por TRÁFICO DE DROGAS.
Posteriormente, poderão ser divulgados mais dados com os resultados adicionais das diligências executadas.

Confira outras notícias: