Governo Municipal recebe vereador para tratar sobre Restaurante Popular

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Governo Municipal, por meio da secretária de Desenvolvimento Social (Seds), Gicele Gomes, e do secretário adjunto da pasta, Herval Kobayashi, recebeu o vereador Almir Silva, nesta quarta-feira (23), na sede da Secretaria. O objetivo foi tratar da efetivação do Restaurante Popular de Uberaba.
 
O procurador-geral da Câmara de Uberaba, Diógenes Alves de Sene, participou da reunião, representando o presidente da Casa, vereador Ismar Marão. A assessora do presidente do Legislativo, Giselle Peres, também esteve presente.
 
A secretária de Desenvolvimento Social informou a Almir que o Governo Municipal tem a intenção de usar o prédio destinado a abrigar o Restaurante Popular, no bairro Leblon, de fato, para esse fim. “Nosso entendimento é que existe um equipamento pronto, onde houve investimento considerável, e a gente não quer deixar isso parado”, afirmou Gicele. Atualmente, o Governo Municipal conduz um estudo de viabilidades, sendo a financeira a principal delas, para colocar o Restaurante Popular em funcionamento.
 
O secretário adjunto da Seds citou a viagem a Alfenas, no sul do Estado, para conhecer o atual modelo de gestão do Restaurante Popular da cidade – por concessão. Herval assinalou que Uberaba pode seguir o mesmo caminho, avaliando que o modelo atrairia empresas especializadas, ao mesmo tempo que o Município continuaria sendo proprietário dos bens concedidos.
 
Almir reforçou a aprovação, em 2017, de lei a partir de sua demanda permitindo que o Município exerça a gestão e administração do Restaurante Popular de forma semidireta ou indireta. “Se você pode ter um parceiro para que possa contribuir em relação a isso, por que não ter?”, pontuou o vereador.
 
O procurador-geral da Câmara se colocou à disposição do grupo para analisar se o Município já estaria apto a abrir o processo de concessão ou se seria necessário aprovar outro projeto no Legislativo, a depender do contrato.

Confira outras notícias: