Previous
Next
Previous
Next

Grêmios Estudantis da rede municipal vão debater violência contra a mulher, a criança e o adolescente

Compartilhe este post

O combate à violência contra a mulher e à exploração sexual de crianças e adolescentes serão abordados em palestras virtuais ofertadas aos alunos de 6° ao 9º ano da rede municipal de ensino, que integram os Grupos de Liderança/Grêmios Estudantis.

A primeira palestra está programada para esta terça-feira, 17, com o tema “Abordagem da violência contra a mulher de forma mais ampla”, com a gerente do Centro Integrado da Mulher, Juciara Moura Limírio, e a psicóloga Lorrane Marins, que atua no CIM.

No dia 24 de maio os alunos participarão da palestra “Combate à exploração sexual de crianças e adolescentes”, com a assistente social do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Zilda Cristina dos Santos.

“Por meio do debate e compartilhamento de informações, estimulamos o desenvolvimento do senso crítico dos alunos e de suas habilidades de participação e de vivência cidadã”, destacou a chefe do Departamento de Arte e Cultura da Secretaria de Educação de Uberaba (Semed), Cinara Guimarães.  

As palestras fazem parte das ações em parceria da Semed, por meio da Diretoria de Apoio à Educação Básica/Departamento de Arte e Cultura, com a Secretaria de Desenvolvimento Social/Centro Integrado da Mulher (CIM), junto aos Grupos de Liderança que atuam em 29 escolas de Ensino Fundamental da rede municipal.

A iniciativa desta parceria partiu da gerente do CIM e a Semed abraçou, considerando a relevância do tema, contou a diretora de Apoio à Educação Básica, Maria Inez Pucci de Martino Prata. Ela informou, ainda, que as atividades com os Grêmios Estudantis serão promovidas sempre às terças-feiras, das 14h às 15h.

As próximas agendas estão em construção, mas o enfoque será mantido: o combate à violência contra a mulher e à exploração sexual de crianças e adolescentes, a campanha Agosto Lilás — que visa combater e inibir os casos de violência doméstica no Brasil por meio da Lei Maria da Penha — e a campanha Laço Branco, de sensibilização, envolvimento e mobilização dos homens no engajamento pelo fim da violência contra a mulher.

Confira outras notícias: