Previous
Next

Liraa é menor que em 2023, mas requer atenção para o combate ao Aedes aegypti

Compartilhe este post

O primeiro Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti (LIRAa) de 2024 apontou de 6.70% de incidência de infestação do mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya, em Uberaba. Esse índice é menor que o registrado em igual período do ano passado, que foi de 8,40% de incidência, mas requer atenção e vigilância redobradas.

De acordo com diretor do Departamento de Vigilância em Saúde, Matheus Assumpção, sazonalmente, esse é um período de altos índices, por isso o trabalho é redobrado, tanto de combate, quanto de conscientização da população. “Toda comunidade precisa olhar dentro de casa se há possibilidade de gerar proliferação do mosquito da dengue em vasos de planta, pneus, garrafas, ou outros itens. Facilitar o acesso do agente de endemias para que faça o seu trabalho também é muito importante, para que ele, com olhar técnico, elimine os focos existentes”, pontuou.

A primeira pesquisa de 2024, em Uberaba, foi realizada entre os dias 8 e 12 de janeiro. Cerca de 200 agentes de endemias estiveram envolvidos no trabalho. O trabalho do Departamento de Controle de Zoonoses e Endemias da Secretaria Municipal de Saúde está sempre focado nos bairros que possuem o maior índice do mosquito, conforme apontado LIRAa.

Os bairros com maiores índices para dengue são: Santa Marta, Parque São Geraldo, Jardim Maracanã, Residencial 2000, São Benedito, Alfredo Freire, Abadia, São Vicente, Parque das Américas, Vila Planalto, Orlando Costa Teles, Vila Olímpica, Leblon, Parque das Gameleiras, Jardim Manhattan, Vila Militar, Ilha Bela, Mercês, Nossa Senhora Aparecida, Cássio Resende, Residencial Morumbi, Parque dos Girassóis II, Vila Celeste, Jardim Uberaba, Olinda, Vila Raquel, Santa Maria, São Cristóvão, Residencial Rio de Janeiro, Portal do Sol, Fabrício, Alfredo Freire III, Jardim Copacabana, Novo Horizonte, Cidade Jardim, Morada das Fontes, Costa Teles I, Jardim Aroeiras, Jardim Alvorada, Estados Unidos, Jardim Indianópolis, Vila Craide e Vila Presidente Vargas.

Confira outras notícias: