Previous
Next

Mulher mata o amásio a marretadas

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma mulher de 45 anos, foi presa neste domingo, 8, após matar seu amásio de 52, com golpes de marreta.

Segundo as informações repassadas à Folha Uberaba, o crime aconteceu na cidade de Veríssimo e o casal possuía histórico de violência doméstica.

A PM foi acionada pelo plantão do ambulatório municipal que informou ter recebido uma chamada por conta de briga de casal e que a autora havia agredido a vítima com uma marreta.

No local, na rua Pedro Salomão, a médica que acompanhou a guarnição em uma ambulância do município, constatou o óbito.

Um vizinho contou ter ouvido o casal discutindo e em dado momento, a autora saiu aparentando desorientação e dizendo: “Agora eu matei ele”.

A perícia técnica compareceu ao local e realizou os trabalhos de praxe, tendo recolhido a marreta e um celular.

Após diligências, a autora foi localizada e presa.

Ela relatou que discutiu com o amásio por questões relacionadas ao consumo de drogas e em dado momento, ele tentou derrubar um fogão de lenha que existe no local no intuito de danificá-lo.

Em seguida a vítima, Maurilio Virgílio de Souza, sentou em um sofá na varanda e a autora então armou-se com uma marreta e desferiu dois golpes na região da face, causando a morte.

Confira outras notícias: