Previous
Next
Previous
Next

Polícia Civil conclui inquérito sobre atropelamento de cão envolvendo o vereador pastor Eloísio

Compartilhe este post

A polícia civil de Uberaba concluiu as investigações sobre o atropelamento que matou um cão no bairro Maracanã e que causou intensa comoção na cidade, após divulgação de vídeo do fato e pelo envolvimento do vereador Eloisio.

No vídeo que circulou de forma maciça, após o atropelamento o condutor do veículo deixa o local sem prestar socorro ao animal.

De acordo com as informações apuradas pela Folha Uberaba, o vereador procurou a polícia e a princípio declarou que no momento do acidente estava como passageiro e que sua esposa era a condutora do veículo e que ela não percebeu o atropelamento do animal, a esposa acompanhou o depoimento.

Porém, após intensa investigação e obtenção de provas irrefutáveis, a polícia chegou a conclusão de que era o vereador na condução do veículo no momento do acidente.

O vereador foi intimado a prestar novo depoimento e após tomar conhecimento das provas conseguidas, assumiu a autoria do atropelamento.
O vereador, que é pastor evangélico, não possui habilitação.

De acordo com o inquérito da polícia civil, não houve comprovação de que a ação tenha sido intencional e que apesar de ação culposa, não foi possível determinar se o autor percebeu o atropelamento e não prestou o devido atendimento ao animal.

Confira outras notícias:

Geral

GoCoffee inaugura no Shopping Uberaba

Foto Divulgação: Daniel Augusto de Melo recebe as boas-vindas do superintendente do Shopping Uberaba, Fabiano Guerra A bebida vem do