Prefeitura conclui e entrega viaduto do Boa Vista

Compartilhe este post

A Prefeitura de Uberaba entregou a obra do viaduto Diamantino Silva Filho, nesta segunda-feira (24). A estrutura, que possui 12 metros de largura e 30 de comprimento, vai beneficiar, diretamente, uma população superior a 30 mil pessoas de pelo menos 10 bairros em seu entorno.
O viaduto interliga as avenidas das Torres e Interbairros, entre o Boa Vista, Fabrício, até a Univerdecidade. O secretário de Serviços Urbanos e Obras, Anderson Passos, apontou que essa obra é extremamente importante, porque traz um grande avanço para a mobilidade da cidade, em especial à região do Grande Boa Vista.
“As vias passam a ligar duas áreas da cidade interrompidas pela linha férrea. Isto vai permitir que aqueles que chegam de Nova Ponte, Santa Juliana e Perdizes, pela ligação MG-798, possam acessar o setor norte da cidade, chegando com mais facilidade à BR-050, por meio da Univerdecidade, sem ter que passar pelo centro de Uberaba. Com isto, eles ganharão em tempo, além de que, o novo trajeto irá desafogar o tráfego no interior de vários bairros”, salientou.
Segundo ele, a obra demandou um aporte de R$ 4.214.089,14 sendo R$ 3.345.636,31 oriundos de Termo de Ajuste de Conduta do Loteamento Cyrela e R$ 868.452,83, de execução direta da Prefeitura de Uberaba. Esse TAC foi firmado em 2019, no qual o loteador repassaria para a PMU o valor de R$ 2,9 milhões corrigidos. O processo licitatório foi vencido pela Concrepox Engenharia para executar a parte de concreto armado do viaduto.
A prefeita Elisa Araújo lembrou que, no início de 2022, a empresa entregou a obra incompleta, quando tomou a decisão de assumir a conclusão das obras complementares. “Quando assumi a Prefeitura, meu foco foi organizar a casa para concluir as obras paradas na cidade. Essa é a maior obra viária da cidade nos últimos tempos e, por isso, tínhamos mesmo que arregaçar as mangas e garantir sua realização”, disse.
Ela destacou que essa obra vai beneficiar toda a cidade, mas, especialmente, o Grande Boa Vista, Fabrício, Nenê Gomes, Monte Castelo, Vila Militar, Residencial Tancredo Neves, dentre outros, e garantir melhoria no trânsito.
A Prefeitura executou no viaduto o aterro, aplicação de concreto na pista de rolamento, mureta, alambrado de proteção e guarda-corpo, meios-fios e passeio, além da adequação do sistema viário e sinalização vertical e horizontal e urbanização, e também da iluminação pública. Ainda asfaltou e urbanizou a Avenida das Torres em sua totalidade.
Foram instaladas luminárias de LED no canteiro central, rua Bulgária e Avenida Salomão Abdanur até o viaduto que leva o nome do advogado e agropecuarista Diamantino Silva Filho, por indicação da vereadora Luciene Fachinelli.
O trânsito naquela região também sofreu modificações, especialmente, nos cruzamentos do viaduto com as ruas Bulgária e Itália. O superintendente de Trânsito da Secretaria de Defesa Social, Rodrigo Carmelito, explicou que passando pelo viaduto no sentido Boa Vista, essas vias foram bloqueadas, não tendo mais como fazer a conversão à esquerda na rua Itália. O motorista terá que ir à Rua Inglaterra, cerca de 40 metros à frente, e fazer a rotatória para ter acesso ao bairro.
A Codau realizou várias obras de drenagem pluvial na área do viaduto da Avenida Interbairros. O trabalho abrangeu as ruas Islândia, Grécia, Professor Chaves, Itália, Bulgária, Romênia e Dinamarca, onde foram implantados 834 metros de tubulação e 33 bocas de lobo duplas. Foram investidos mais de R$ 1,8 milhão nesses serviços.
Estiveram presentes à solenidade os vereadores Ismar Marão, Almir Silva, líder governista, Lu Fachinelle, segunda vice-presidente da Câmara, Baltazar da Farmácia e Caio Godoi.
A família Diamantino foi representada pela viúva Vitória, por filhos, noras e netos.

Confira outras notícias: