Previous
Next

Produtor da Agricultura Familiar obtém excelente colheita de alho em São Basílio

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Com assistência técnica da Secretaria Municipal do Agronegócio (Sagri), pequeno produtor em São Basílio cultiva alho e tem surpresa agradável com a alta produtividade. Num espaço de pouco mais de 120 m², foram colhidos 300 quilos de alho.

Trata-se do produtor Nilso Teodoro da Silva, integrante da Agricultura Familiar e que há quase seis anos toca um sítio em São Basílio. O agricultor começou plantando alface e repolho, porém, desde 2020 migrou para o cultivo de cebola e beterraba.

Em abril deste ano, orientado por técnicos da Sagri, resolveu experimentar o plantio de alho, com sementes doadas pelo vizinho Paulo Veloso. Em três canteiros, medindo 42 m² cada, ele plantou 30 quilos de alho Ito, uma variedade melhorada pela Embrapa do Rio Grande do Sul. A surpresa, destacou Nilso, veio na última semana de agosto com a colheita de 300 quilos de alho. “Colhi mais do que produtor que planta alho irrigado”, comentou.

Outro fato que chamou a atenção do pequeno agricultor foi o tamanho das cabeças de alho Ito. Ele mostrou na balança que algumas chegaram a pesar até 100 gramas. Com o êxito no experimento, Nilso Teodoro traça agora planos para o futuro e estima plantar em 2022 em torno de 340 quilos de sementes da mesma variedade.

Para o diretor de Produção Agropecuária da Sagri, o agrônomo Raoni Terra, uma série de fatores colaborou para a ótima produtividade alcançada pelo senhor Nilso, como semente, clima e os tratos. Ele entende, no entanto, que o principal fator foi a altitude que em São Basílio oscila entre 1.000 e 1.100 metros do nível do mar, provocando queda na temperatura, o que contribui para o cultivo do alho.

O agrônomo acredita que o sucesso obtido por Nilso pode levar outros pequenos produtores a optarem por lavouras de alho, tornando a comunidade referência na produção deste bulbo. Raoni defende o vegetal no sentido de agregar nova fonte de renda familiar. “Porém, é fundamental que os agricultores de São Basílio continuem plantando culturas diversas”, alertou.

Nilso Silva segue comercializando a sua atual produção de alho. Diante da grande procura e qualidade do produto, o agricultor está vendendo o alho a R$25 o quilo.

Confira outras notícias: