Previous
Next
Previous
Next

Sábado é Dia da Família na Escola na rede municipal de ensino

Compartilhe este post

Dia letivo no calendário escolar, o sábado, 9 de abril, será de intensa movimentação nas 75 unidades de ensino da rede municipal. Depois de dois anos de atividades remotas, o Dia da Família na Escola será marcado por atrações como teatro, oficinas diversas, ginástica, gincana, palestras, sorteio de brindes e muito mais.

“É importante que a família e toda a comunidade escolar percebam que, quando estamos unidos em um só propósito – o desenvolvimento integral de nossas crianças – conseguimos alcançar o sucesso escolar com facilidade”, comentou a diretora do Cemei Professora Eunice de Sousa Pühler, Márcia Ferreira.

Na Unidade, o Dia da Família na Escola terá café coletivo, apresentação artística e gincana esportiva e cultural. No Cemei Tutunas, a gestora Thaytiane de Freitas Beraldo Maciel revelou que as famílias serão recebidas com um café da manhã, seguido de muitas atividades e sorteio de brindes, além de música.

“O Dia da Família na Escola nos permite resgatar e viver o que o tempo às vezes nos faz perder. Aquele abraço sem causa, a risada inocente de uma simples brincadeira, um sorriso maroto, um olhar verdadeiro. São momentos simples, mas inesquecíveis, marcantes”, disse a gestora.

O CEU das Artes, no Residencial 2000, é o espaço escolhido pela Escola Municipal Professora Esther Limírio Brigagão e o Cemei Diego José Ferreira para abrigar as atividades do Dia da Família. A programação conjunta inclui aulão de zumba, apresentação cultural, pintura facial entre outras ações com a parceria do Cras e UBS do bairro.

“O Dia da Família na Escola é um momento para reforçarmos que a participação ativa dos familiares no cotidiano da vida escolar de seus filhos se faz cada vez mais importante e necessária. Quanto mais próximos, maiores também são as chances de um melhor processo de ensino-aprendizagem”, destacou a secretária de Educação, Sidnéia Zafalon.

Origem – O Dia da Família na Escola foi instituído pelo Ministério da Educação (MEC) em 2001, com o objetivo de sensibilizar a sociedade sobre a importância da parceria entre instituições escolares e familiares e/ou responsáveis.
A proposta surgiu após a divulgação dos resultados do Sistema de Avaliação de Educação Básica (Saeb), que mostraram melhorias nas notas e diminuição da evasão escolar de estudantes cujos pais participavam de sua vida escolar.

Confira outras notícias: