Previous
Next
Previous
Next

Secretaria de Saúde faz treinamento de atualização do protocolo de raiva humana

Compartilhe este post

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) vai promover, na próxima sexta-feira (14), treinamento de atualização no protocolo de profilaxia pré, pós e reexposição da raiva humana. A ação busca reunir perto de 25 unidades classificadas como “fontes notificadoras”, entre elas toda a rede de unidades de atenção à saúde e organizações não governamentais que lidam com cães e gatos. O evento acontecerá no anfiteatro do Hospital Regional, das 13h30 às 16h30.

A iniciativa é da Diretoria de Vigilância em Saúde, por meio do Departamento de Vigilância Epidemiológica da SMS, com base em nota técnica do Ministério da Saúde. Com o objetivo de alinhar cumprimento do protocolo, o Ministério instrui, por exemplo, que animais domésticos de interesse econômico ou de produção (bovinos, bubalinos, equídeos, caprinos, ovinos, suínos) também são considerados animais de risco para transmissão da raiva.

Quanto à profilaxia antirrábica humana em casos de agressões graves por cães ou gatos, caso o animal tenha sinais sugestivos de raiva no momento da agressão, deve-se indicar as medidas preventivas. Se o cão ou gato agressor não apresentar sinais sugestivos de raiva, a recomendação é a observação do animal por 10 dias e não iniciar a profilaxia pós-exposição. Não sendo possível a observação do animal, administrar o esquema definido no protocolo.

Para avaliar a indicação da profilaxia de pré ou pós-exposição, é importante conhecer o tipo, frequência e grau do contato ou exposição que os tratadores e outros profissionais têm com esses animais e deve-se levar em consideração o risco epidemiológico da doença na localidade. Entre os instrutores do treinamento, estão representantes da Central de Vacinas, do Departamento de Zoonoses e equipe do Departamento de Vigilância Epidemiológica da SMS.

Confira outras notícias:

Geral

Linha 10 terá itinerário alterado

A Superintendência de Transporte Público, ligada à Secretaria de Defesa Social, informa que a linha 10 – São Cristóvão/Facthus terá