Previous
Next
Previous
Next

Teste do Pezinho é realizado em todas as Unidades Básicas de Saúde do Município

Compartilhe este post

Esta terça-feira (6) é o Dia Nacional do Teste do Pezinho. A data foi criada para conscientizar a população sobre a importância do exame que detecta doenças graves e raras em recém-nascidos com uma gota de sangue, que pode mudar a vida de uma pessoa.

Segundo dados da Seção de Vigilância Epidemiológica, em 2021, foram realizados 3.358 exames. Em 2022, foram 2.898 exames, e até maio de 2023, um total de 1.021 coletas.

O teste é feito com a coleta de sangue do calcanhar. O período ideal é entre o terceiro e o quinto dia de vida. E vale lembrar que pode ser feito em todas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Município.

O Teste do Pezinho pode detectar oito doenças graves: fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito, anemia falciforme, fibrose cística, hiperplasia adrenal congênita, deficiência de biotinidase e a betaoxidação. A triagem da toxoplasmose congênita foi incorporada recentemente ao Sistema Único de Saúde e está em fase de implantação.

Confira outras notícias: