Uberaba permanece na fase intermediária de acordo com indicadores da Covid

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O sistema de fases adotado pela Secretaria de Saúde para monitorar o controle da pandemia, aponta que Uberaba continua na fase intermediária. A análise dos indicadores – Taxa de Ocupação de Leitos, Taxa de Positividade e a Variação da Incidência – teve como base os dados dos últimos 15 dias. Conforme determinado no Decreto 674 de 11 de junho, a apresentação do índice calculado pela combinação dos indicadores será feita pela Secretaria Municipal de Saúde a cada duas semanas.

De acordo com a análise, a Taxa de Ocupação de Leitos de UTI ficou na faixa de 86%, atingindo a pontuação 3. A Taxa de Ocupação de Leitos de Enfermaria teve variação de 62%, com pontuação 2. Esses dois indicadores são da sexta-feira, 25 de junho. Já a Taxa de Positividade é considerada a semana imediatamente anterior, semana epidemiológica 24, de 13 a 19 de junho, em que foi apurado o índice de 19,08%, a partir de testes RT-PCR e Antígeno, resultando em pontuação 2. Quanto à Variação da Incidência, houve incidência negativa de -4,09, com a pontuação 1.

A combinação dessas taxas e pesos, calculada de acordo com a fórmula matemática (O3 + E1 + TX1 + TR3)/(3 + 1 + 1 + 3), teve como resultado o índice 2. O sistema de fases estabelece que se o resultado for até 1,5 o Município estará na fase branda, que indica que a pandemia está com índices controláveis; entre 1,5 e 2,5 entrará na fase intermediária, que indica sinal de alerta; e acima de 2,5 entrará na fase mais crítica.

Mesmo estando na fase intermediária, a diretora de Vigilância em Saúde, Ana Maria Oliveira Bernardes, alerta que a população deve manter os cuidados para evitar a propagação do vírus. “A fase é intermediária, mas os cuidados pessoais têm que ser constantes. Temos que manter a prevenção, usando máscara, higienizando as mãos. São hábitos que devemos incorporar no nosso dia a dia”, afirmou.

Confira outras notícias: