Agronegócio quer implantar tratamento de esgoto desenvolvido pela Embrapa em comunidades rurais de Uberaba

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Após visita ao centro da Embrapa Hortaliças em Brasília, no final de outubro, a Secretaria do Agronegócio (Sagri) prepara agora termo de cooperação para desenvolver, em uma das comunidades rurais de Uberaba, o sistema ReAqua, que é o reaproveitamento de águas provenientes do tratamento de esgoto sanitário em localidades isoladas.

De acordo com o titular da pasta, José Geraldo Borges Celani, toda sistemática do ReAqua foi apresentada à prefeita Elisa Araújo que tem nos seus projetos de governo a implantação do tratamento de esgoto nas comunidades rurais do Município. “Ela gostou muito da proposta, tanto pelo custo barato como pela facilidade de operação e, sobretudo, devido à elevada eficiência do sistema capaz de atender até 300 famílias por meio de um mesmo módulo”, ressaltou ele.

De acordo com Celani, o sistema de reuso de água apresentado pela Embrapa Hortaliças é composto, basicamente, por um conjunto de sete caixas d’águas (cada uma com capacidade para 7 mil e 500 litros, exceto a primeira), em material plástico (PVC), dispostas numa sequência de quedas por meio de degraus, assentadas em pisos de concreto (as duas primeiras) e na terra as demais e com laterais de alvenaria.  O tratamento de modo objetivo, relatou, inclui em suas fases uma caixa de gordura, tanque séptico, filtro anaeróbico, pré-filtros com britas 3 e 1 e areias média e fina, além de uma etapa final com desinfecção por cloro. “Ao término do processo a água sai em condições de reuso para várias atividades, como irrigar hortaliças”, enfatizou o secretário.

Com o sinal verde do Governo Municipal, ressaltou Zé Geraldo, os próximos passos serão o de captação de recursos e a formalização de um termo de cooperação entre a Prefeitura de Uberaba e a Embrapa Hortaliças do Distrito Federal. Através deste convênio, o secretário destacou que os técnicos da Embrapa passarão a acompanhar e dar todo o suporte necessário na implantação de um projeto piloto de tratamento de esgoto, aos moldes do ReAqua, em uma das comunidades rurais de Uberaba a ser definida em breve. “Aprovado, ele será ser estendido a outras localidades do Município”, observou.

O secretário Celani quer agilidade na implantação do sistema e apontou para tanto uma série de vantagens, como benefícios à saúde dos envolvidos, ao meio ambiente, e economia de água e energia elétrica.

Confira outras notícias: