Alunos da Feti entregam mais 30 cestas básicas arrecadadas na campanha #tamojunto

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Alunos da Fundação de Ensino Técnico Intensivo “Dr. Renê Barsam” (Feti) entregaram essa semana mais 30 cestas básicas, resultado da campanha #tamojunto que integra o projeto Corrente do Bem. Três instituições foram atendidas desta vez: Lar da Esperança, que atende atualmente 29 idosos; Comunidade Terapêutica Feminina Casa Madre Tereza de Calcutá, que atende cerca de 30 jovens com idade entre 12 e 18 anos em situação de vulnerabilidade social e mulheres em condição de rua e, também, a Casa do Menor Coração de Maria, que atende cerca de 300 crianças e 113 famílias. Cada instituição recebeu dez cestas básicas.

Seguindo todos os protocolos de segurança de proteção contra a Covid-19, os alunos Fabiola e Almir Soares, que são irmãos e tocam viola caipira, fizeram apresentações nas três instituições levando um pouco de alegria aos assistidos. Os aprendizes tocaram algumas músicas enquanto as cestas eram descarregadas.

“Tivemos uma experiência única. Fui convidada para fazer as apresentações, mesmo que de longe, mas pudemos levar um pouquinho de amor ao cantar as modas de viola. Foi uma experiência boa, consegui sentir a energia de cada ambiente. Nos emocionamos muito. A Feti faz o bem para quem precisa e aprendemos isso nas aulas e no nosso dia a dia, nas ações extrassala. Devemos ajudar a todos. Eu tenho orgulho de ser aprendiz!”, declarou Fabíola Soares.

A coordenadora da Casa do Menor Coração de Maria, Augusta Carlos, ressaltou a importância dessas ações em prol da comunidade. “Mesmo durante a pandemia, mantivemos os atendimentos – à distância – da nossa creche e, consequentemente, das famílias, que são mais de 100 atendidas. Essas cestas nos ajudarão muito. Agradecemos, imensamente, a todos da Feti por ter nos escolhido”, salientou a coordenadora da instituição que é atendida pelo Centro de Excelência em Produção de Alimentos (Cepa), com o recebimento de pães.

Para o presidente da instituição, professor Watson Azevedo, a campanha foi um sucesso. “Isso só foi possível porque os aprendizes se sentiram protagonistas desta história e foram tomados por esse espírito de solidariedade e empatia, que norteia sempre as ações que estamos envolvidos. Vem mais por aí. O planejamento de seleção e entrega dos agasalhos recolhidos pela Feti durante a Campanha do Agasalho também já se iniciaram e nas próximas semanas mais instituições assistidas pelo Cepa poderão ser agraciadas com as doações que tiveram os alunos do Curso de Iniciação Profissional como mediadores. Acompanhe conosco”, pontuou o presidente.

Confira outras notícias: