Previous
Next
Previous
Next

Audiência pública sobre a área da Planta de Amônia debate viabilidades e potenciais econômicos

Compartilhe este post

Nesta terça-feira (12), o Governo Municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação (Sedec), realizou audiência pública para tratar das viabilidades e potenciais econômicos para a área da fábrica da Planta de Amônia em Uberaba.

Na solenidade estava presente a prefeita de Uberaba, Elisa Araújo; o vice-prefeito, Moacyr Lopes; o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação, Rui Ramos; a secretária adjunta da Sedec, Cynthia Bessa; o subsecretário da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, Rodrigo Matias; e o subsecretário da Secretaria do Estado de Fazenda de Minas Gerais, Fábio Amaral. Ainda na audiência, secretários municipais, os vereadores Tulio Micheli, Celso Neto e Elias Divino, assim como representantes de demais parlamentares.

Para a prefeita Elisa Araújo, o momento foi de extrema importância. Ressaltou a luta do Município para que a área, que pertence ao Estado, não fosse vendida antes da audiência pública acontecer, com a participação da comunidade, já que é um tema amplamente divulgado por ser um eixo fundamental de desenvolvimento da cidade e da região.

“O Distrito Industrial III, onde está a área da Planta de Amônia, é nosso cartão postal da indústria, pois é onde as maiores do setor de Uberaba estão localizadas. Além de desenvolver o DI-III, precisamos destravar de vez a Planta de Amônia, seja ela como termelétrica, planta de amônia de ureia ou para acolher qualquer outro investimento que seja, de fato, viável e que traga geração de emprego e renda e também desenvolvimento”, afirmou a prefeita de Uberaba.

Rui Ramos falou que a audiência teve saldo positivo pela presença do Governo do Estado, pois tudo que se discute, qualquer projeto que se imagine para este terreno, é preciso acertar com o Estado, proprietário da área. “E claro, ouvir a comunidade, a sociedade civil organizada, técnicos e engenheiros. E também criar a discussão que deve ser ampla, sem ilusão, pois esse projeto vai ocorrer com investimento privado, que pode ser nacional ou internacional. Estamos criando esse ambiente propício para que esses investimentos ocorram. Acho que as contribuições foram importantes e, agora, vamos trabalhar as informações já existentes e somar ao que veio de positivo da audiência”, afirmou.

O subsecretário da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, Rodrigo Matias, disse que o Governo do Estado é parceiro do projeto da Planta de Amônia em Uberaba desde a primeira hora. Contou que agora é o momento de discutir quem vai ser o agente implementador do projeto.

“Resta agora a questão de tratamento do ativo imobiliário que é o imóvel onde seria a planta. Viemos até Uberaba para escutar quais são os anseios do Município, quais são as sugestões dos munícipes, quais os projetos que em tese poderiam ser propostos para aquele local. O Governo do Estado tem uma estratégia prevista de alienação daquele imóvel por venda e, obviamente, que essa estratégia pode trazer para Uberaba outro parceiro privado que não estava planejado”, disse.

De acordo com Rodrigo Matias, o governo estadual entende que ouvindo os munícipes de Uberaba, as suas necessidades, pode trazer à mesa algum outro projeto e o Estado vai ser parceiro de sua execução. “Obvio que se no futuro o projeto da Planta de Amônia, por ventura, tiver o aporte de um agente que vai implementar algum empreendimento, o Estado não vai deixar de ser parceiro e vai compor com o Governo Municipal”, pontuou.

Agora haverá uma conversa interna no governo, a partir dos apontamentos colocados na audiência e será definida a melhor estratégia junto com o Governo Municipal para avançar na decisão. “A Prefeitura é a legítima manifestante em todos os momentos, na preocupação de nos pedir para suspender a licitação e abrir uma audiência pública, então eu acredito que o Governo tem feito o seu movimento e o Estado tem sido muito atencioso ao ouvir os cidadãos do Município”, finalizou.

O vereador Tulio Micheli, representando o Legislativo, parabenizou a prefeita Elisa Araújo, e afirmou que ela não tem medido esforços para que a iniciativa privada, as grandes empresas e as grandes indústrias possam chegar a Uberaba, assim como também esse esforço não falta ao Governo do Estado.

Confira outras notícias: