Autores usavam dados conseguidos na Internet para efetuar compras no nome das vítimas

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A polícia prendeu dois autores que utilizavam dados de terceiros conseguidos na Internet para efetuar compras.

Segundo as informações repassadas à Folha Uberaba, chamou atenção do gerente de uma lanchonete o fato de estarem recebendo diversos pedidos de valores elevados, segundo ele, foi realizado um pedido de 2 mil reais em lanches e quando o entregador chegou ao endereço, foi abordado por transeunte que disse ser o autor do pedido e começou a distribuir os lanches para pessoas da região, chegando a oferecer ao próprio entregador.

Neste domingo, foi feito novo pedido, desta vez de 12 garrafas de coca cola de dois litros, no valor de 166,80 reais.

A polícia montou uma operação e acompanhou o entregador até a rua Água Marinha, local para onde eram enviados os pedidos.

Quando o entregador chegou, o autor de 27 anos apareceu e pediu para colocar os refrigerantes na calçada, após a saída do entregador, o outro autor, de 18 anos chegou ao local e nesse momento os policiais os abordaram.

Ao serem abordados, os autores relataram que faziam os pedidos usando dados de cartão de crédito de pessoas desconhecidas, dados esses conseguidos através de um site que oferece o número do cartão, bandeira e código de segurança de desconhecidos, segundo eles, nesse site também é possível conseguir dados pessoais das vítimas, que são usados para fazer as compras.

Os autores foram encaminhados à delegacia.

Confira outras notícias: