Previous
Next

Autoridades do Executivo e Legislativo prestigiam ação do Banco de Leite Humano

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Aproveitando o “Agosto Dourado”, mês de incentivo à amamentação, a prefeita de Uberaba, Elisa Araújo, esteve no Banco de Leite Humano (BLH), na tarde desta segunda-feira (16), para conhecer o trabalho da equipe, além da estrutura geral do Centro de Atendimento Integral à Saúde da Mulher (Caism), onde o Banco fica instalado. Elisa prestigiou a ação promovida pelo Caism e Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds) de captação de doadoras para o BLH e orientação e sensibilização sobre a importância da amamentação.

“Fico muito feliz em saber que nosso Município possui um verdadeiro equipamento ‘de ouro’. Aproveito e peço para que as mamães com excedente de leite procurem o Banco de Leite de Uberaba e ajude a salvar vidas”, convocou a prefeita.

Na parte da manhã, o secretário de Saúde, Sétimo Bóscolo, e a secretária de Desenvolvimento Social, Gicele Gomes, também estiveram no Caism, ao lado do vereador Tulio Micheli. O secretário de Saúde enfatizou a relevância do BLH. “O Brasil é reconhecido internacionalmente pela sua rede de Bancos de Leite Humano. É uma ação estratégica fundamental para reduzir a mortalidade infantil”, afirmou Sétimo.

Na mesma linha, a secretária de Desenvolvimento Social salientou o valor da primeira infância, tema de campanha da Seds. “O período que vai da gestação aos seis anos é crucial para o desenvolvimento da criança. E a proteção à primeira fase da vida passa, com certeza, pelo incentivo ao aleitamento materno”, enfatizou Gicele.

O vereador Tulio conheceu o funcionamento do Banco de Leite e ressaltou a importância de evidenciar o tema constantemente. “A gente não pode deixar de falar sobre isso aqui, até para sensibilizar as mães, sensibilizar as lactantes que podem fazer essa doação.”

O Banco de Leite Humano executa as atividades de coleta, processamento e distribuição de leite humano a bebês prematuros e de baixo peso hospitalizados nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) neonatal, além de realizar o atendimento de orientação e apoio à amamentação. Para ser uma doadora, a lactante pode entrar em contato pelo (34) 3332-0559 para receber as orientações e fazer o cadastro. A doação é domiciliar.

Confira outras notícias: