Cemig pede atenção máxima em relação às ocorrências na rede elétrica envolvendo fio partido

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Foto: Corpo de Bombeiros Divulgação
A Cemig orienta à população que nunca saia de um veículo atingido por um fio partido, a não ser que haja incêndio no automóvel. Se não houver, ficar dentro do veículo é a opção mais segura.



A Cemig orienta a população, mais uma vez, sobre os cuidados que todos devem ter em relação a ocorrências na rede elétrica que envolvam situações de fios partidos. No último fim de semana, infelizmente, foi registrado um acidente de choque elétrico envolvendo a população em Uberlândia, quando uma tempestade, acompanhada de uma forte ventania, provocou curto-circuito nos cabos de média tensão causando o rompimento de um dos fios, que caiu sobre um veículo que estava estacionado sob a rede de energia.


No momento do acidente chovia e ventava muito. A provável causa do rompimento do cabo foi o lançamento de algum objeto, pela força do vento, em direção à rede, o que teria provocado o curto-circuito.
João José Magalhães Soares, gerente de Saúde e Segurança da Cemig, alerta que uma das ocorrências mais comuns durante tempestades intensas é exatamente o fio partido, principalmente quando há quedas de árvores sobre a rede elétrica, ou quando objetos são lançados em direção aos cabos, em função da força dos ventos, provocando o seu rompimento.


“Caso as pessoas se deparem com um fio partido, elas não podem se aproximar ou tocar no cabeamento e, se possível, não devem permitir que outras pessoas se aproximem também. Nos casos em que condutores rompidos caiam sobre veículos, é muito provável que, ao sair do automóvel, a pessoa sofra um choque elétrico, que pode ser de até 13 mil e oitocentos volts, caso seja uma rede de média tensão”, orienta o gerente.


Ele continua explicando que “o único caso em que a pessoa deve deixar o veículo imediatamente é em situações de incêndio. Nessas ocasiões, se for necessário sair do veículo, a pessoa nunca deve tocar a estrutura do automóvel e no solo ao mesmo tempo, porque ele se tornará o caminho entre a corrente elétrica e o solo. Isso pode ser fatal ou causar queimaduras gravíssimas. O correto é que a pessoa abra a porta e salte de forma a não tocar no veículo e no solo ao mesmo tempo e sempre longe do cabo partido. Ao cair no solo a pessoa deve andar em passos curtos até se afastar do veículo ou do cabo partido. Apesar da dificuldade esta é a única forma de evitar o choque elétrico”, completa.


Em caso de acidentes, entre em contato com a Cemig A recomendação, em casos de acidentes envolvendo a rede elétrica, é telefonar imediatamente para o Fale com a Cemig, no telefone 116, que funciona 24 horas por dia. Se uma árvore cair na frente de alguma residência, a recomendação é nunca tentar retirá-la ou cortá-la, e chamar o corpo de bombeiros para a retirada da vegetação caída.
Em muitos casos, no meio da árvore ao solo, pode existir um cabo partido da rede elétrica que pode estar energizado e escondido no meio dos galhos e, ao tentar fazer a retirada, a pessoa pode sofrer um choque elétrico de até 13.800 volts, com risco de morte ou graves queimaduras.  

Confira outras notícias: