Coluna Mozart Jr.

Compartilhe este post

Palavras
“Fake News é um vírus de pouca importância, seu mal está em quem o propaga.”
Davi Peixoto


Doença
A humanidade parece estar doente, ataques a escolas, incentivo a posturas radicais por parte de quem deveria colaborar para mudar essa realidade… Mas uma situação chama atenção e escancara ainda mais esse desajuste coletivo, pessoas que se comprazem em criar boatos, fakes sobre um assunto tão doloroso.

Tensão
Conversei com profissionais da área educacional essa semana e todos relataram ter vivido muita tensão nos últimos dias por conta das fake news espalhadas pelas redes sociais. Quem se beneficia com isso? É apenas o prazer mórbido de saber que uma história falsa que criou está rendendo likes?

Atitude
Felizmente em Uberaba o poder público e as forças de segurança foram rápidos e certeiros nas medidas tomadas para manter a tranquilidade de pais, alunos e profissionais da educação. Ponto para as decisões rápidas e acertadas.

Drama
A questão da saúde em Uberaba segue assustadora, vejo muita gente usar as redes sociais para falar do serviço público, porém, quem acompanha o dia a dia, inclusive das redes sociais, sabe que não é “privilégio” do serviço público os problemas enfrentados.

Teste
Paciente chegou ao Mario Palmerio às 9h50 desta terça-feira e conseguiu atendimento às 14h10, isso depois de ter que tomar uma atitude mais drástica para reclamar, a senha era numero 21, porém, inexplicavelmente atenderam a 22 e 23 antes… O porteiro coitado, bem que tentou contornar a situação que, com certeza não foi criada por ele.

Segue
Paciente sai com receita e tem que fazer peregrinação por farmácias, ouvindo em várias, de grandes redes, que não entenderam a dosagem receitada e aconselharam a retornar e pedir troca da receita.

Atendimento
Aliás, por falarem farmácia, que em Uberaba não falta, atendimento segue sendo um problema nesses comércios.

Opção?
Por outro lado clientes de plano de saúde, com mensalidade bem salgada, também reclamam e relatam espera de média de quatro horas no hospital exclusivo do plano que fica no bairro Abadia.

Capota

Como dizem, no meio da política, o mundo não gira, ele capota… Após mais uma celeuma envolvendo o lanchinho da Câmara Municipal de Uberaba, situação recorrente, aliás, tirando a repetição das mesmas tentativas de explicação, foi hilário ver pessoas que até ontem sambavam com essa situação e muitos até se fizeram em cima do tema, rebolando para tentar defender o famigerado e opulento lanchinho.

Passeia Zema
Protesto hoje na rodovia MG 427, cuja situação é caótica há muito tempo, fez lembrar de um Romeu Zema em campanha para o seu primeiro mandato ainda, quando ele dizia que resolver o problema das rodovias mineiras era prioridade pois, “não viajava de avião, só de carro e conhecia muito bem a situação das rodovias mineiras”…Pelo menos essa região, parece que ele esqueceu …

Decepcionante
Essa foi experiência própria, uma situação desagradável na loja Cobasi, ali na rotatória da Santos Dumont. Fiz uma compra pelo site da loja, e ao chegar para retirar o produto, uma vez que a confirmação da compra foi feita pela operadora do cartão, sou informado que pode ter ocorrido algum problema e que eu teria que ligar no Sac e resolver.

Sem satisfação
No SAC, fui informado que minha comprador cancelada por eu ter usado um cartão virtual (?), prática comum em compras online. Aí fui aconselhado a cancelar e refazer o pedido, apesar do problema ser na comunicação do banco da empresa. Isso após perder 50 minutos tentando resolver…

Confira outras notícias: