Previous
Next

Coluna Mozart Jr.

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Palavras
“Do fanatismo à barbárie não há mais do que um passo.”
Denis Diderot

Frase
A frase de abertura da coluna dessa semana foi inspirada no comportamento de algumas pessoas que transformaram a política em FlaxFlu aqui no Brasil e também pelas tristes notícias vindas do Afeganistão. Para quem acha que manifestações radicais e guiadas por fanatismo, seja qual for, não são perigosas.

Pesado
O presidente da Câmara Municipal de Uberaba, Ismar Marão, pegou pesado em entrevista concedida no sábado ao se referir ao presidente da Funel, professor Edgard Silva Jr.

Desgaste
Muita gente considera que o episódio Uberabão, onde o gramado foi destruído pela geada, tem pesado nas avaliações do trabalho do secretário.

Erro
Realmente ali houve um erro crasso, mas daí a julgar tudo que acontece na pasta por um único episódio parece um tanto quanto exagerado.

Experiência
Chama atenção o fato de o vereador, experiente no serviço público e, portanto conhecedor do quanto um julgamento sumário assim pode custar na carreira de um servidor, se posicionar dessa forma.

Momento
Falei hoje no programa “De frente pra notícia” na rádio JM e repito: considero as reações exageradas, vale lembrar que estamos em meio a uma pandemia e que isso prejudicou em muito a retomada de atividades esportivas.

Tempo
Acredito que agora, com o retorno gradual dessas atividades, poderão, após um tempo, fazer essa avaliação de forma mais equilibrada. E o vereador, alvo de tantas críticas por decisões tomadas em outras oportunidades, conhece bem como isso funciona.

Interesses
Na verdade é preciso reconhecer que essa cobrança encontra ego em muita gente que teve interesses contrariados na pasta. E sabido que, como em todas as secretarias, a Funel também está passando por auditoria e, esqueletos nos armários podem incomodar…

Alvo
Vale lembrar que outras secretarias já foram alvos de manifestações assim, governo, comunicação… Salvo exceções, na maioria das vezes de forma exagerada.

Centralizado
Por falar nisso, corre a boca pequena na PMU que, alguns membros do governo têm reclamado de um excesso de centralização na comunicação. Uma pessoa me confidenciou que, em alguns casos, mesmo dispondo de profissional na própria secretaria, não se pode criar o próprio material.

Cruza as pernas
Enquanto uns reclamam, em outros setores parece que tem gente que aproveita pra cruzar as pernas sobre a mesa, tal a dificuldade de obter retorno ali, garantem os reclamantes.

Eleição
Nesse domingo bati um longo papo com o deputado Franco Cartafina, que estava acompanhado de Rodrigo Vieira, entre os assuntos é claro, a eleição de 2022. O local, que, aliás, tem se tornado ponto de encontro da classe política local, foi o bar do Almirante ali no Fabrício.

Percepção
Franco aposta que haverá um recuo de alguns pretendentes a cargos no próximo ano devido à percepção das dificuldades que cercam esse pleito em especial.

Tranquilo
O deputado declarou estar muito tranquilo no que tange a relação com a prefeita Elisa Araújo, que segundo ele, é a melhor possível.

Cortinas de fumaça
Falamos sobre cortinas de fumaça, como a questão do voto impresso ou auditável, e ele lembrou que enquanto discutiam isso com tanto fervor, nem perceberam passar a PEC 1045…

Estadual
Para o deputado federal do PP, a disputa para estadual deverá ser bem mais acirrada por aqui. Segundo ele, quanto ao seu grupo estão todos a vontade para seguirem o caminho que sentirem ser o ideal.

Difícil
Festa interrompida pela GM e fiscalização com mais de 1500 pessoas em Uberaba retrata bem o nível do momento na humanidade. Enquanto uns choram perdas e lutam para proteger os seus, outros embarcam em uma dessas, aí se a pandemia estourar por aqui, “a culpa e da prefeitura…”

Cumprimentos
Aliás, aproveitar o espaço para cumprimentar a valorosa Guarda Municipal de Uberaba que começou 21 anos recentemente e, apesar das dificuldades, tem realizado um trabalho de excelência ao longo desse período.

Que venha a paz
O vice-prefeito Moacyr Lopes enviou imagens da entrega de casinhas para os cães da rodoviária.  Depois daquele imbróglio todo, parece que as coisas agora caminham para o acordo entre os humanos, para que os animais tenham paz…

Confira outras notícias: