Conselho de Safra faz nova avaliação dos prejuízos no milho safrinha nesta quinta

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O secretário do Agronegócio, José Geraldo Celani, visitou, nesta semana, lavoura de milho safrinha do produtor Leonardo Aguetoni, oportunidade que verificou os prejuízos provocados na plantação pela falta de chuvas, além de anunciar reunião nesta quinta-feira (17) do Conselho Gestor de Safra que pode culminar com o pedido à prefeita Elisa Araújo para decretação de Calamidade para este cultivar.

O titular da Sagri esteve na fazenda Nossa Senhora das Graças, às margens da estrada Ura 090, nas proximidades do campus rural do Instituto Federal do Triângulo Mineiro. No local, a família Aguetoni plantou 350 hectares de milho safrinha. Toda a lavoura foi afetada pela falta de chuvas.

De acordo com Leonardo, em razão das fortes chuvas, a lavoura de soja, plantada neste mesmo local, teve a colheita retardada por vários dias. “Daí atrasamos o plantio do milho safrinha, mas com a esperança que ainda viessem chuvas suficientes. Elas não vieram e as perdas oscilam entre 20% em alguns talhões a até 55% em outros pontos da lavoura”, relatou, informando que em anos anteriores colheu até 130 sacas de milho por hectare e, agora, deve ficar entre 30 e 40 sacas por hectare.

Oportunamente, o secretário José Geraldo Celani informou ao produtor que, no intuito de ajudar os agricultores de Uberaba, o Governo Municipal estuda decretar Situação de Emergência ou de Calamidade nestas lavouras, o mais breve possível. Ele anunciou que os membros do Conselho Gestor de Previsão de Safra se reúnem amanhã (17), a partir das 9h, para uma avaliação geral dos prejuízos provocados nas lavouras de milho diante da seca e da votação do mecanismo de Calamidade.

Celani explicou que esta ferramenta vai ajudar os produtores que financiaram a lavoura do milho safrinha, tanto no sentido de agilizar o recebimento do seguro, como de renegociar a dívida, com prestações dilatadas.
O produtor Leonardo Aguetoni disse que lamenta as perdas, porém nada de desanimo. “Cabeça erguida preparando novos plantios”, afirmou.

Confira outras notícias: