Codau homologa licitações de EPI e maquinários com redução de preços

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Companhia Operacional de Desenvolvimento, Saneamento e Ações Urbanas (Codau) amplia os investimentos em segurança do trabalho, com a aquisição de novos lotes de Equipamentos de Segurança Individual (EPI) e maquinários. São ações que atendem às Normas Regulamentadoras federais, bem como reforçam a política de valorização do funcionalismo, através da melhoria na estruturação da prestação dos serviços.

Nas últimas semanas, foram concluídos três novos processos licitatórios nestas áreas. O processo relacionado aos EPIs foi uma compra de mais de R$100 mil, que incluiu óculos de proteção (400 unidades), capacetes (550 unidades), macacões e luvas de segurança para o pessoal do operacional e de laboratórios, protetores auriculares, perneiras, respiradores com purificação de ar e contra poeira e vapores. Nesta licitação, também foram adquiridos cones de sinalização viária e fitas zebradas, entre outros itens.

A Codau também fez nova compra de 2.000 novas máscaras faciais laváveis. Para a agilizar a prestação de serviços de esgotos sanitários, drenagem pluvial e recomposição de passeios e vias, a Companhia adquiriu equipamentos como betoneira, cortadora de concreto, placa vibratória compactadora, compactador de percussão, gerador de energia, serra mármore, furadeira e martelo demolidor.

“As licitações homologadas foram exitosas, pois obtivemos uma economia para os cofres públicos de 2,8%, como foi o caso da compra de maquinário, e de 21% no pregão dos EPIs. Houve, ainda, a redução de 54% para a aquisição de máscaras de prevenção ao coronavírus. Manter o estoque de EPIs é pôr em prática a Segurança e Saúde do Trabalho, e o maquinário novo também é fundamental para dar agilidade às Ordens de Serviço. É neste rumo que estamos caminhando na gestão administrativa e na eficácia dos processos na Codau”, ressaltou o presidente da Companhia, José Waldir de Sousa Filho.

Confira outras notícias: