Consulta Pública Presencial Lei Paulo Gustavo supera as expectativas

Compartilhe este post

A Fundação Cultural de Uberaba “Professor Antônio Carlos Marques” (FCU) recebeu artistas, produtores e a sociedade civil, para a Consulta Pública Presencial Paulo Gustavo, na última quarta (17), no Teatro Experimental de Uberaba (TEU).

Durante a consulta, foram ouvidas as necessidades e demandas culturais dos artistas para se elaborar o plano de ação, que faz parte do processo de distribuição dos recursos provenientes da Lei Paulo Gustavo, a fim de direcionar a distribuição dos recursos de forma eficiente e justa.

O presidente da FCU, Cássio Facure, ressaltou que esse é um momento de reconstrução do setor artístico que sofreu tanto nos últimos tempos com a pandemia, e o momento de escrever uma nova história.

“Com a ajuda que vem da Lei Paulo Gustavo, assim como da Aldir Blanc II, que virá no segundo semestre, poderemos aquecer as turbinas novamente e colocar em prática tudo o que foi interrompido durante o período da pandemia, e apesar dela e de termos perdido tantas pessoas no meio do caminho, nosso setor está de pé, e devemos inclusive fazer o melhor com esses incentivos, até mesmo para honrar os que partiram”, afirmou Cássio.

Segundo a coordenadora de Incentivo a Projetos Culturais da FCU, Márcia Otaviano, o número de artistas presentes superou as expectativas. “Cerca de 70 pessoas compareceram, o maior número foi do setor audiovisual com grande participação nas sugestões, e o próximo passo será nos reunirmos com cada setor, individualmente, e tratar do plano de ação específico para cada área”, disse ela.

As reuniões serão agendadas a partir desta semana, com a divulgação dos detalhes nas redes sociais da Fundação.
A Consulta Pública Virtual da Lei Paulo Gustavo continua acontecendo pelo link disponibilizado na bio do Instagram da FCU (@cultura.prefuberaba), até dia 30 de maio.

Confira outras notícias: