Cotações na Ceasa com predominância de preços estáveis

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A unidade da Ceasa Uberaba abriu a semana, neste dia 21 de junho, com bom movimento para o produtor. O mercado manteve-se estável na maioria dos preços dos hortifrutigranjeiros.

De acordo com o diretor de Abastecimento da Secretaria do Agronegócio, Mauro Genésio, 35 produtores participaram das comercializações, com ocupação de 45 espaços. Ele avaliou como positivas as vendas, sobretudo, por se tratar da última semana completa do mês.

Já as cotações tiveram pouca variação, mantendo com os preços no mercado estáveis. A maior prova disso ficou por conta do produto carro-chefe nas vendas, o tomate. A caixa do produto segue a R$60, mesmo preço da última semana. Também com preços estáveis, a cenoura – R$40 a caixa de 22 quilos, o jiló – R$60 a caixa de 16 quilos e a cebola – R$40 a saca de 20 quilos.

Algumas frutas, como banana e mamão formosa, também seguem no mercado com preço estável. A banana prata permanece cotada a R$35 a caixa de 16 quilos, enquanto que a nanica segue a R$25 a caixa do mesmo peso. Já o mamão formosa continua atraindo os consumidores com preço estável a R$25 a caixa de 18 quilos. As folhosas, também com preços estáveis, estão saindo por R$15 a dúzia, valor médio.

Outros produtos, alguns até por escassez na oferta, apresentaram elevação de preços neste começo da semana. É o caso do quiabo que pulou de R$50 para R$70 a caixa de 14 quilos. Alta de 40%. Na sequência, veio a abobrinha com mais de 30% de aumento, com a caixa de 22 quilos passando de R$60 para R$80. Preços majorados também para o limão taiti que passou de R$40 para R$50 e a laranja pêra rio que subiu de R$35 para R$40. Ambos, caixa com 22 quilos.

Queda neste começo de semana apenas para a batata lisa e a batata doce. A primeira caiu de R$110 para R$90 a saca de 50 quilos. Já a batata doce baixou de R$50 para R$40 a caixa com 24 quilos do produto.

A “pedra” do produtor volta a operar na quinta-feira, 24 de junho, dia de São João Batista. As comercializações terão início às seis da manhã.

Confira outras notícias: