Dia de Luta Antimanicomial reúne comunidade em caminhada pela liberdade

Compartilhe este post

Cartazes e faixas abriram a caminhada da Luta Antimanicomial nesta quinta-feira, 18, em Uberaba. O ato foi promovido pela Prefeitura de Uberaba, por meio da Secretaria de Saúde, em parceria com Grupo PET-SUS-UFTM (GT RAPS), Fundação Gregório F. Baremblitt e apoio do Programa de Extensão Territórios de Vida – UFTM e Universidade de Uberaba.

Além das universidades, comunidade, trabalhadores e assistidos pelo serviço de assistência em saúde mental, participaram do encontro estudantes de Franca (SP), Araxá e Bebedouro.

O Dia Nacional da Luta Antimanicomial resgata o início do Movimento da Reforma Psiquiátrica, no final da década de 70, que culminou com a lei que prevê o fechamento gradual de manicômios e hospícios.

“Todas as pessoas têm direito ao atendimento humanizado e à liberdade. Essa é uma luta de todos nós”, destacou a diretora do Departamento de Atenção Psicossocial, Giselle Souza de Santi.

Ela ainda pontuou que a população deve procurar pelos serviços do Município. “Além das Unidades Básicas de Saúde e Matriciais, as pessoas podem buscar acolhimento nos Centros de Atenção Psicossocial”.

Os Centros de Atenção Psicossocial são: CAPSi (Infantojuvenil), destinado aos cuidados dos casos graves em saúde mental de crianças e adolescentes, a partir dos 3 anos até 17 anos e 11 meses; CAPS Dr. Inácio Ferreira (Adulto) e CAPS Maria Boneca (instituição parceira do Município) – destinados aos cuidados de adultos e idosos.

Já o CAPS AD III (Álcool e outras Drogas) é destinado ao cuidado do paciente em uso abusivo e prejudicial de álcool e outras drogas. O Serviço Intermediário de Atenção Psicossocial (SIAP) presta assistência a casos de média complexidade e atende pacientes encaminhados por toda Rede de Atenção Psicossocial.

A caminhada da Luta Antimanicomial saiu da porta do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Maria Boneca, na rua Capitão Domingos, 418, Abadia, e percorreu as ruas de Uberaba até a Praça Rui Barbosa.

Confira outras notícias: