Feti inicia preparação para retomada de aulas presenciais

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Alunos e aprendizes da Fundação de Ensino Técnico Intensivo “Dr. Renê Barsam” (Feti), iniciaram o Programa de Retomada das aulas presenciais. A princípio apenas algumas turmas – no sistema híbrido – estão participando das atividades presenciais. A previsão é que a retomada integral das aulas aconteça em janeiro de 2022, conforme determina o Ministério do Trabalho e Previdência (MTP).

O plano de retorno às aulas foi discutido e iniciado (ainda as tratativas) em novembro do ano passado. Segundo a presidente da Feti, Sônia Manzan, com as expectativas de mudanças em relação às questões da Covid previstas para este ano, foi realizado, em conjunto com o Departamento de Iniciação Profissional, Probem e demais colaboradores da Feti, o plano de retomada visando ao bem-estar dos jovens que estão, há quase dois anos, sem aulas presenciais.

“O cenário pandêmico causou enormes desafios e a Feti vem implementando ações para superá-los. Como a Feti não segue as exigências do ensino regular, mas sim as diretrizes do MTE, estamos retomando de forma gradual e muito cuidadosa fazendo testes de funcionalidade do plano de retorno, com todos os equipamentos e precauções exigidas para proteger tanto os jovens quanto os colaboradores. A presença desses jovens é de extrema importância no nosso espaço porque são eles que irão nos ditar e melhorar as diretrizes a serem seguidas”, explicou Manzan.

Outro diferencial apontado no plano de retomada são as aulas “diferenciadas”. Estão sendo usadas ferramentas lúdicas como a música e a arte como protagonista deste momento.

“Nossos professores estão muito focados no trabalho pedagógico programado para este momento, com a participação efetiva dos nossos jovens durante as aulas e, acima de tudo, com acolhimento de todos da Feti. Estamos praticamente há dois anos sem que o professor tenha as aulas presenciais e sem que esses jovens tenham esse contato físico. Aulas com violão, música, momentos de reflexão e participação ativa dos jovens incluindo muito bate-papo saudável, vem minimizando esse sentimento que estávamos vivendo. É um momento diferenciado em que o mundo nunca passou e a Feti vem fazendo a diferença nesse sentido!”, reforçou a presidente.

Outra exigência para o plano de retomada está o distanciamento de 90 centímetros entre as carteiras dos alunos como previsto na legislação municipal. Conforme a programação da equipe pedagógica, as aulas manterão, por enquanto, o sistema híbrido, conforme as diretrizes do Ministério do Trabalho e Previdência, sem esquecer das demais recomendações da Organização Mundial da Saúde preservando a saúde de todos os envolvidos.

Mercado de trabalho – Atualmente, a Feti conta com 518 aprendizes em plena atuação em quase 200 empresas parceiras. Em janeiro, a expectativa é que esses aprendizes retomem as aulas presenciais na instituição voltando à normalidade que inclui as aulas, uma vez na semana e alimentação aos jovens.

Confira outras notícias: