Previous
Next

Fórum discute as necessidades das juventudes em Uberaba

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A primeira reunião do Fórum Municipal de Juventudes de Uberaba, realizada no último sábado (25), no auditório da Fundação de Esporte e Lazer (Funel), contou com a participação de 17 jovens e agentes públicos engajados nas pautas juvenis, entre eles, a vereadora Rochelle Bagaza e o secretário executivo do Conselho Nacional de Juventude, Luiz Fernando Custódio. O objetivo do encontro foi debater sobre as necessidades das juventudes de Uberaba e a reconstrução do Conselho Municipal de Juventude do Município.

De acordo com o superintendente de Políticas Públicas da Juventude (Sujuv), Alan Damas, responsável pelo evento, a proposta do encontro foi trabalhar, por meio de dinâmicas e atividades em grupo, as temáticas relacionadas ao cotidiano dos jovens, como educação, cultura, esporte, lazer, emprego, renda, capacitação profissional, inclusão digital, transporte coletivo, segurança pública e cidadania. “A partir das propostas apresentadas, a Superintendência fará um diagnóstico acerca do que desejam os jovens de Uberaba. Além de identificar as demandas das juventudes, o encontro teve como propósito levantar as propostas para a formatação do Conselho Municipal de Juventude que passa por um processo de reconstrução”, explicou Damas.

O superintendente explicou, ainda, que o Fórum é uma instância ampla para o diálogo sobre as questões das juventudes da cidade. “Em conjunto, podemos traçar rumos mais assertivos para a política municipal de juventude, na qual o jovem seja o protagonista. Desejamos construir políticas públicas com, de e para as juventudes”, ressaltou. Para o secretário executivo do Conselho Nacional de Juventude, o diálogo proposto por eventos como o Fórum é fundamental. “Debater sobre o que pensa e deseja a juventude é essencial. Este é o principal papel do Conselho de Juventude, um espaço de construção coletiva de políticas públicas”, avaliou Custódio.

O próximo encontro acontecerá em cerca de 30 dias, no bairro Residencial 2000. “Decidimos fazer o Fórum itinerante para ampliar o debate e envolver o maior número de jovens. Já a partir do próximo, cada encontro será realizado em uma região da cidade”, finalizou Damas.

Confira outras notícias: