Funepu anuncia retorno de visitas nas Upas

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Fundação de Ensino e Pesquisa de Uberaba- Funepu anunciou nesta segunda-feira (25) a retomada de visitas a pacientes em atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento de Uberaba. As mudanças foram desenvolvidas com base no atual cenário da pandemia de Covid-19, seguindo as normas e orientações previstas no decreto vigente no município, além das recomendações e normativas do Ministério da Saúde.

As novas regras passam a valer a partir desta terça-feira (26). Ficam autorizadas as visitas entre 17h e 17h30, de segunda a domingo, sendo apenas uma por paciente. O horário vale também para a entrega de pertences a pacientes internados. Já os boletins médicos permanecem com divulgação diária entre 11h30 e 12h30.

Segundo a presidente da Funepu, Jesislei Rocha, as mudanças foram possíveis graças ao recuo no número de casos positivos da doença. “Há oito meses, quando houve o agravamento da pandemia na cidade, o nosso comitê de enfrentamento à Covid-19 entendeu que era necessária uma medida mais restritiva para reforçar a segurança de pacientes e colaboradores. Agora, com o avanço da vacinação e a queda significativa de casos positivos, internação e óbito, foi possível reavaliar. Sabemos que o momento ainda requer atenção, por isso, todas as medidas de distanciamento, uso de álcool gel e máscara são obrigatórios”, destaca Jesislei, lembrando que a presença de acompanhantes permanece suspensa, com exceção para idosos com demência, restrição na mobilidade, baixa acuidade visual ou auditiva, e também para menores de 18 anos. “Sabemos que os familiares querem permanecer juntos mesmo em um ambiente hospitalar como as UPAs, mas o vírus ainda continua em circulação e não podemos expor estas pessoas a uma contaminação”, reforça.

Os atendimentos nas duas Unidades de Pronto Atendimento de Uberaba, desde o início da pandemia, já seguem uma série de protocolos específicos para garantir a segurança em saúde dos pacientes e colaboradores. Além do uso de EPIs, as unidades tiveram seu espaço físico divido para que pacientes com sintomas gripais não tenham contato com aqueles que procuram a UPA por outras questões.

A Fundação reforça que as medidas anunciadas hoje podem ser modificadas de acordo com o retrocesso da pandemia e o avanço do plano municipal de vacinação.

Confira outras notícias: