Previous
Next
Previous
Next

Homem é preso após assaltar residência no bairro Olinda

Compartilhe este post

Um homem de 23 anos foi preso após invadir residência no bairro Olinda, onde rendeu uma diarista e roubou diversos objetos.
Segundo as informações repassadas à Folha Uberaba, a polícia foi acionada e compareceu a Avenida Afrânio Azevedo, onde a solicitante relatou que havia um homem, usando máscara, roupas escuras, tênis e com uma mochila, no telhado da residência onde trabalha.
Ao chegar ao local, a guarnição conseguiu uma escada e o Sgt subiu para verificar, nesse momento, foram ouvidos gritos em residências vizinhas.
Ao verificar, constatou-se que o autor corria três ruas acima do local da ocorrência.

Foi feito acompanhamento e o autor acabou abordado, após buscas, em seu bolso foi encontrada uma navalha, na mochila foram encontrados uma faca tipo açougueiro com lâmina de cerca de 25 cm, marreta, chave de fenda e alicate, produtos usados para furtos e roubos.
Além desses produtos, foram encontrados também joias diversas em ouro, medalhões, anéis, brincos, dois aparelhos celulares, um tablet, outra navalha, jogo de facas cutelaria, relógios, bijuterias diversas, objetos em latão, prata.

A equipe retornou ao local da ocorrência e ali foi abordada por um morador que informou que sua vizinha teve a casa roubada.
A polícia foi ao local e recebeu a informação de que autor com descrição correspondente a do autor havia cometido roubo na residência em que trabalha. Segundo a vítima, o autor a rendeu usando uma faca e roubou diversos objetos que foram colocados em uma mochila.

A dona da casa acompanhou a ocorrência e reconheceu o autor e os objetos apreendidos como os que foram roubados em sua casa.
O autor disse que adentrou a casa usando telhados vizinhos, uma vez que a casa possui cerca elétrica.
O autor disse que cometeu o crime por estar devendo 5 mil reais a um traficante que não quis informar o nome.

A vítima confirmou a narrativa do autor, disse que após rende-la usando a faca, ele a prendeu em um banheiro da casa e a todo momento ele conversava com alguém a quem se referia como: “pai”.
O autor, no momento da abordagem conversava com alguém pelo celular, ele disse tratar-se de uma pessoa que está preso na penitenciária de Uberaba.
Autor e material apreendido foram encaminhados à delegacia.

Confira outras notícias: