Homem morre após ser arremessado de uma altura de 15 metros quando cortava árvores em fazenda da Epamig

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Um homem de 59 anos, morreu após ser arremessado a uma altura de cerca de 15 metros quando realizava cortes de árvore em fazenda da Epamig na Univerdecidade.
Segundo as informações repassadas à Folha Uberaba, a PM foi acionada na tarde desta segunda feira, 18, e no local foi informada por equipe do SAMU que atendia a ocorrência que, os paramédicos foram acionados por testemunhas e ao chegarem ao local, encontraram a vítima, Benedito Euripedes dos Santos, caída em decúbito ventral, com traumas na face e crânio e com muito sangue em volta do seu corpo, sendo constatado o óbito.
Testemunhas contaram que a vítima estava cortando galhos de uma árvore que caiu devido ao vendaval de sexta-feira, e em dado momento, solicitou uma escada e resolveu cortar galhos de outra árvore que estava próxima a rede elétrica, tendo pedido que retirassem a os carros do local para não serem atingidos.


Segundo as testemunhas, a vítima cortou dois galhos grandes e ao iniciar o corte do terceiro, o galho ricocheteou e atingiu a vítima, arrenessando-a a uma altura de 15 metros, juntamente com a motosserra.
A vítima caiu sobre os galhos cortados anteriormente, o que causou os ferimentos e consequente morte instantânea.


Ainda segundo as informações repassadas à Folha Uberaba, testemunhas relataram que a vítima não usava nenhum equipamento de segurança.
Uma testemunha relatou que, após o acidente, desligou a motosserra que havia permanecido em funcionamento.


O administrador da fazenda relatou que a vítima sempre realizava corte de galhos de árvores caidas na propriedade para aproveitanento da madeira e não autorizou que ele subisse para cortar galhos, tendo a vítima agido por conta própria.
A perícia técnica foi acionada e realizou os trabalhos de praxe.

Confira outras notícias: