Previous
Next

Hospital Hélio Angotti cria “Rede de Telemedicina do Triângulo”

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Acordos com várias prefeituras dá início ao projeto arrojado que marcará os 60 anos da instituição

Começa a ganhar corpo um dos projetos mais arrojados do Hospital Hélio Angotti em 2021, quando a instituição referência nacional no tratamento oncológico completa 60 anos e expande sua área de atuação ao se propor a levar prevenção e diagnóstico precoce à várias cidades do interior de Minas Gerais. Trata-se da criação da “Rede de Telemedicina do Triângulo” que tem previsão de início dos trabalhos no primeiro semestre do ano que vem com, pelo menos, dez pontos de funcionamento.

Segundo o coordenador de Relações Institucionais do Hélio Angotti, jornalista e ex-deputado Nárcio Rodrigues e a direção do hospital, o Centro de Videoconferência e a sede da Rede de Telemedicina serão implantados a partir de setembro deste ano, em Uberaba (no prédio do Cenpre Mulher, em frente ao Hospital Hélio Angotti) após obras de adequação e instalação dos equipamentos que vão monitorar e coordenar as ações de Telemedicina da instituição. Os investimentos necessários para o ponta pé inicial foram assegurados graças às emendas destinadas por 17 deputados federais, dois senadores e um deputado estadual. Assim que o recebimento dos recursos for registrado, será dado início ao Complexo de Telemedicina.

ACORDOS COM PREFEITURAS DA REGIÃO PARA CRIAÇÃO DA REDE

Nos últimos dias, o Hospital Hélio Angotti retomou o contato com os municípios que vão sediar núcleos da Rede de Telemedicina do Triângulo.

Em Fronteira, que já havia aderido ao projeto, estiveram reunidos o coordenador da Rede, Dr. Felipe Toledo, o ex-deputado Narcio Rodrigues e o prefeito Sérgio Coxa, para bater o martelo sobre o local onde funcionará o Núcleo de Telemedicina local. No encontro foi aprovado também o projeto de arquitetura para adequação dessa que será a primeira unidade piloto do programa.

Já em João Pinheiro, uma videoconferência entre hospital e prefeitura, contou também com a participação, direto de Belo Horizonte, do deputado estadual Arnaldo Silva. Nesse município, além do Núcleo na sede, serão implantadas seis salas de Telemedicina em distritos do Município.

Em Campina Verde, a direção do Hélio Angotti esteve em audiências distintas com o prefeito, Dr. Helder Paulo Carneiro e o prefeito de Santa Vitória, Isper Salim Curi. Para Campina Verde, ficou acertada a parceria que levará um Núcleo para a cidade e uma sala de Telemedicina no Distrito de Honorópolis, utilizando recursos de emenda individual do deputado federal Zé Silva. E em Santa Vitória, onde é prevista a instalação de um Núcleo na cidade e uma sala no distrito de Chaveslândia, o prefeito Salim Curi pediu a proposta de parceria para submetê-la ao departamento jurídico e à Secretaria Municipal de Saúde. A emenda que patrocina a implantação neste município é de autoria do deputado estadual Arnaldo Silva. A prefeitura ficou, ainda, de oferecer espaços para serem vistoriados pela rede para a sua inclusão no mapa da Telemedicina do Hélio Angotti.

A Rede já negociou também a sua parceria para sede instalar em Unaí, juntamente com a Associação de Combate ao Câncer do Noroeste Mineiro. Os recursos são de emenda do deputado federal Paulo Abi Ackel. Outra cidade a ser contemplada cuja negociação já está feita pela direção da Rede é Carneirinho, que será beneficiada através de emenda do deputado federal Aelton Freitas.

Com esses contatos já feitos e as reuniões que ainda serão realizadas com representantes de Frutal e Uberlândia, a Rede de Telemedicina do Triângulo, se prepara para decolar no primeiro semestre do ano que vem com pelo menos dez pontos de funcionamento.

Confira outras notícias: