Implantação do Restaurante Popular e da Casa da Mulher Brasileira é discutida em Brasília

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O secretário adjunto de Desenvolvimento Social, Herval Kobayashi, esteve em Brasília (DF) para tratar da implantação do Restaurante Popular e da Casa da Mulher Brasileira em Uberaba. O deputado federal Franco Cartafina e os vereadores Almir Silva e Rochelle Gutierrez participaram dos encontros na última semana.

No Ministério da Cidadania, o secretário adjunto apresentou o Termo de Referência (documento base para o edital de licitação) com as adequações necessárias para o funcionamento do Restaurante Popular na modalidade de concessão. Conforme Kobayashi, durante a reunião, técnicas do Ministério sinalizaram positivamente para o prosseguimento do trâmite. “Agora, aguardamos a formalização da resposta para darmos continuidade ao processo licitatório e, então, publicarmos o edital de licitação”, acrescentou.

O prédio onde funcionará o Restaurante fica na avenida Nelson Freire, no bairro Leblon. O contrato entre o Município e o Governo Federal para implantação do equipamento foi firmado em 2010. A nova gestão tem trabalhado para abrir as portas da unidade de segurança alimentar.

Na Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres, o representante do Governo Municipal foi recebido pelo chefe de Gabinete da Secretaria, Ricardo Lutosa, e pela coordenadora-geral do Programa Mulher Segura e Protegida, Valeria Avanci. Em pauta, a instalação da Casa da Mulher Brasileira, unidade que concentra, no mesmo espaço físico, serviços especializados e multidisciplinares de atendimento à mulher em situação de violência.

“Solicitamos a permissão para que a unidade possa ser implantada no mesmo local da Delegacia de Orientação e Proteção à Família e do Centro de Referência da Mulher. O objetivo é mantermos o fluxo do atendimento à vítima e concentrarmos os três equipamentos em um mesmo endereço”, explicou Kobayashi. O assunto será analisado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. O recurso para custeio e investimento da Casa da Mulher Brasileira é de emenda do deputado federal Franco Cartafina.

Por fim, o secretário adjunto reuniu-se com o secretário executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Marcos Montes Cordeiro, para solicitar aumento da verba para o Banco de Alimentos. O equipamento fornece, semanalmente, alimentos in natura para famílias em vulnerabilidade mapeadas pelos centros de Referência de Assistência Social (Cras) e instituições do terceiro setor.

Confira outras notícias: